30 de abril de 2012

Sem comentários

Poderia escrever páginas sobre este absurdo, mas o que adiantaria? E precisa?
Mas se alguém achar qualquer post de i$ento barato que comente este filme, publique nos comentários. Vou esperar sentado.
Estão esperando morrer alguém para aplicar a lei.

29 de abril de 2012

Culpem as direções: de Cacalo a Odone

O post do Arigatô ai embaixo, feito no calor do jogo, está irretocável. Passadas 2 horas do final, quero fazer algumas reflexões. Não sobre o jogo, mas sobre a situação em que estamos.

Hoje pela manhã um leitor do blog postou o seguinte link nos comentários: Desafeto colorado apitará Gre-Nal .... Percebam a "sutileza". E isto foi na ESPN. Ou seja, a pouca vergonha já ultrapassou os limites do estado. Qualquer um se sente tranquilo e livre para escrever o que quiser contra o Grêmio sem medo de sofrer consequências. E Marcio Chagas, o juiz que supostamente tem um pai gremista, se acovardou. Inverteu faltas, poupou amarelo para os carniceiros colorados e deu apenas 4 minutos de acréscimo quando só o episódio dos gandulas levou a 5 minutos de paralisação.

O juiz pode não ser o culpado pela derrota mas foi parte de um esquema que está se perpetuando. O Grêmio pós ISL, pós Cacalo, pós Guerreiro, se apequenou tanto que qualquer bosta fala o que quiser, condiciona quem quiser contra o Grêmio com a  certeza de que nada lhe acontecerá.
O país está podre e a imprensa não seria a única parte sã, mas combinemos que este descaramento está muito acima do tolerável.

A diretoria, se é que o Grêmio tem algo parecido com isto, poderia começar declarando os wianeys, os nandos gross, os irmãos benficas, os reches da vida e muitos outros como pessoas non-gratas. E como tal não permitir o acesso destes elementos no Olímpico. Um grupo de funcionários de qualquer empresa não vai render o que pode se não sentir o respaldo da chefia. E o Grêmio hoje é acéfalo. Perdeu toda a força política e só sobrevive porque é muito grande e tem uma torcida espetacular.

Não adianta ficarmos aqui queimando jogadores por mau desempenho. Não adianta criticarmos o erro de Luxemburgo em entrar no 4-3-3 que jogou fora todo um primeiro tempo do jogo. Não tem nenhum efeito pedir craques. Muito menos a falta de atenção e de posicionamento da defesa que me levou a cantar o segundo gol antes da cobrança do escanteio. O Messi neste time certamente naufragaria pela perda de identidade que acomete a instituição. Eu falei instituição. Não falei time.

Surpreende até que tenhamos jogado de igual para igual contra o time dos queridinhos dos i$ento$ baratos. Tivesse ganho o Grêmio teria sido justo porque não houve predomínio do timinho do aterro. Mas perdeu o Grêmio porque há anos assistimos passivamente o condicionamento dos juízes, a crítica sistemática aos nossos jogadores com efeito direto na auto-estima destes, o endeusamento de pernas de pau do aterro também com reflexo na auto-estima, só que estes positivos.

Não vou mais aqui criticar jogadores e nem treinador. Eles são reflexos da falta de comando e pagam as consequências. Tivesse a direção sido enérgica e exigido um posicionamento prévio de quem de direito sobre a questão dos escanteios ilegais e Luxemburgo não teria feito o que foi forçado a fazer. Tivesse a direção denunciado há 3 anos atrás a tolerância para com este carniceiro chamado Guinazu, aquele que tem licença para matar, e ele hoje teria sido expulso ou talvez até mesmo já tivesse sido banido do futebol.
Tivesse a direção se posicionado contra o condicionamento criminoso da crônica sobre o juíz e este, quem sabe não teria se mostrado a ameba covarde que mostrou ser.

Mas para isto tudo que estou pedindo, precisa ter direção. E o Grêmio, há muitos anos não tem direção. Teve até presidente condenado por desvio de dinheiro. Alguns bons nomes já trabalharam lá desde 1996, geralmente subalternos, mas nunca mais tivemos um presidente decente. E, convenhamos, entregar o futebol para um Meira, um Pelaipe e outros deste tipo só pode dar no que está dando.

O jogo do gandula

Era o Gre-nal do "Grêmio favorito". Pelo menos no plano de mobilização do adversário, traçado pelos isentos baratos da crônica esportiva gaúcha. Na verdade, o jogo jogado nos escombros do coliseu da beira-rio só poderia ter como favorito o queeeeeee grupo maravilhoso e espetacular, que teve o estilo copiado descaradamente pelo Barcelona. Afinal, além de jogar em casa, pode contar com a FGF e seus "caminhos".
_____

Primeiro tempo

Aos 3 minutos Paulo Ricardo Conceição mostrou a sua disposição para o clássico: marcou um impedimento inexistente de Miralles. Aos 11 minutos, Victor fez defesa em cabeceio fraco. Até a metade do primeiro tempo, o destaque foi para as faltas violentas ou não em rodízio sobre Bertoglio. Aos 27 minutos, jogador do timinho atinge a bola com a mão, em sua própria área. Paulo Brito viu bola no "peito". Aos 36, após mais um dos inúmeros erros de passe no ataque, sofremos um gol no contra ataque. No lance, contribuição de Gabriel que afastou sem força. Como sempre, os jogadores do timinho tiveram liberdade para bater. O cartão amarelo parece ser a senha. Após levar, o jogador fica liberado para abrir a caixa de ferramentas. Menos Guiñazu, esse é imune: pode bater sem risco de levar sequer cartão amarelo.
_____

Segundo tempo

O Grêmio voltou com Marquinhos e Moreno nos lugares de Miralles e André Lima. O time melhorou e, em cobrança de falta de Fernando, Werley colocou para dentro, ao pegar o rebote que veio da trave. A superioridade continuou até que uma confusão entre Luxemburgo e um gandula (a conhecida e ilegal questão da reposição de bola nos escanteios) parece ter tirado a concentração do time. Aos 31, na cobrança de um escanteio, levamos o segundo gol. Após isso, nada mais aconteceu no jogo.
_____

Como jogaram

Victor: Boas defesas.
Gabriel: Rei da indolência.
Werley: O melhor do time.
Gilberto Silva: Seguro.
Pará: Boa partida.
Fernando: O melhor do meio de campo.
Souza: Marcou muito, não apareceu no apoio.
Marco Antônio: Discreto, pouco criou.
Bertoglio: Apanhou muito. Talvez por isso, pouco fez.
Miralles: Tudo que fez foi errar passes no ataque, matando as jogadas ofensivas.
André Lima: Melhor do que Miralles apenas porque, não tocando na bola, pelo menos não errou passes.
...
Marquinhos (Miralles): Pouco acrescentou na criação.
Marcelo Moreno (André Lima): Nada fez. No segundo gol, estava mal posicionado. Seu lugar é no primeiro pau.
Landro (Bertoglio): Sem tempo ou sem futebol, não deu para saber.
...
Vanderlei Luxemburgo: Na ânsia de atacar, escalou André Lima, Miralles e Bertoglio para começarem a partida. O ataque ficou sem suporte no meio de campo e penou no primeiro tempo. Na segunda etapa, o time melhorou, e começava a controlar o jogo, quando o técnico foi expulso ao se envolver na confusão com um gandula.
-----
Arbitragem de Márcio Chagas da Silva, com Altermir Hausmann e Paulo Ricardo Conceição: O juiz acovardou-se com as intimidações sofridas após o sorteio e durante o jogo. Dividiu a arbitragem com Guiñazu. Economizou cartões amarelos e vermelhos para o time do presidente-conselheiro da sua federação.
_____

O jogo no twitter

@Real_Gaguinho: Se o co-côlorado cuidasse dos laudos técnicos como cuida da macumba, o Beira-Rio não estaria irregular. Ou melhor, estaria fechado.
@Real_Gaguinho: Com esses 4 na zaga, será milagre se o co-côlorado acabar o jogo com 11.
@ImparSCIais: Grêmio tenta usar 16 jogadores para tentar ganhar do Inter. Juiz precisa estar atento.
@giulianovieceli: Fabrício só está jogando porque em Grenal ele pode bater a vontade que não leva cartão!
@BlogdoMosquetei: São oa treinos fechados do Inter, o Damião treina muito essa simulação..
@Robertinhacor: O Tinga mete o joelho nas costas do Pará e não leva amarelo, seu juiz?
@snel: Tinga (o ingrato) entra com pé alto no Para e quem leva o amarelo é o jogador do Gremio. Ta errado.
@thiagocb: Ataque ainda não entrou em campo. Bertoglio, Miralles e A. Lima não fizeram nada de produtivo ainda
@giulianovieceli: Pará na bola = amarelo! Guinazu por trás, nao atinge a bola e mata contra ataque = falta normal
@Real_Gaguinho: Alô @seuAlgoz, se o Marquinhos virar esse jo-jogo, nunca mais chamo ele de pé-de-alface.
@thiagocb: Me convenci que não dá pra reclamar da arbitragem quando o time não se ajuda. Márcio Chagas já errou sim, mas não tá mal.
@seuAlgoz: @thiagocb tas brincando?
@OBonatto: O Márcio Cagas olhou feio para o Guinazu. Pronto, é a maior punição possivel.
@seuAlgoz: Mexe bem quem escala mal.
@seuAlgoz: Luxa é o cara que vai enquadrar estes filhos da puta.
@Real_Gaguinho: Quem sabe o André Lima não descobre a sua verdadeira profissão?
@alexaguiarpoa: Inter inaugurou novo esquema no futebol: 3 – 5 – 2 – 1 (gandula)
@ppelaipe: Tenho pena do Luxa esta semana se confirmar a derrota. Isentos estao armados.
@alexaguiarpoa: Grêmio tava melhor antes. Tava no ataque depois de marcar. Veio a confusão do GANDULA e a casa caiu. Por isso tem que boicotar Gauchão.
@seuAlgoz: Fdp deu só 4 min
@ppelaipe:4 acrescimos fez ate o saraiva ficar constrangido.

Do Fortim à Arena

Fortim da Baixada: 04/08/1904 - 18/09/1954
Pensando no sentimento que viveram os gremistas nos anos 50. Por meio século, acostumaram-se a viver o Grêmio no estádio do Moinhos de Vento. Na Baixada do Fortim, Edgar Booth (5 vezes), Júlio Grünewald (4 vezes) e Moreira (1 vez) fizeram os gols do acachapante 10 x 0, que inauguram a história dos Gre-nais. Lá, acostumaram-se a cultivar o sentimento de amor ao clube que, num futuro ainda inimaginável, galgaria os mais altos degraus do futebol mundial. No Fortim, Eurico Lara escreveu o seu nome no hino do clube. Porém, o pavilhão da baixada tornou-se pequeno para as dimensões que o Grêmio havia adquirido.

Obras de construção do Olímpico Monumental
Imaginem o sentimento contraditório que tomou conta da torcida quando, seguindo o curso de grandeza que lhe era reservado, o Grêmio iniciou a construção do Olímpico. Deixar as origens para trás; abandonar a casa onde tantas alegrias haviam sido vividas. Renunciar às goleiras onde Lara operara milagres, ao gramado onde tantos craques haviam desfilado deve ter sido um momento de grande consternação. A história, porém, segue o seu curso. O Olímpico, idealizado na gestão de Saturnino Vanzelotti, era à época o maior estádio de futebol particular do mundo e viveu, pelos anos da sua construção, no imaginário da torcida. As visitas ao canteiro de obras no Bairro da Azenha duraram 4 longos anos.

Olímpico Monumental: 19/09/1954 - Dez/2012
No dia 19 de setembro de 1954, ocorreu o jogo inaugural da nossa nova casa. Uma vitória de 2 x 0 contra o Nacional. Ambos os gols foram marcados por Vitor. No Olímpico Monumental, concluído por Hélio Dourado, o maior presidente da história do Grêmio, vivemos os momentos de maiores glórias como clube. Os campeonatos nacionais (Copas do Brasil, Brasileiros, Supercopa), as Libertadores, a Recopa e o Mundial de Clubes foram todos conquistados no período em que a nossa sede foi o estádio do Largo dos Campeões, número 1.

Arena do Grêmio: Inauguração prevista para dezembro de 2012
Hoje, vivemos o período pré inaugural da Arena, o estádio de futebol mais moderno do Brasil e um dos mais modernos do mundo. O sentimento da torcida é parecido com o daqueles gremistas que viviam o clube nos seus primórdios. Parecido, não igual. O Olímpico tem um significado sentimental muito maior, pela sua história, por tudo que representa na vida do Grêmio. O eco das suas arquibancadas nunca será esquecido. Mesmo no futuro, quando a Arena já tiver começado a escrever a sua própria história de glórias, os ecos do Velho Casarão da Azenha estarão presentes, amplificando os gritos de incentivo e alegria bradados do outro lado da cidade.

Projeto da Arena do Grêmio

28 de abril de 2012

Você sabia que ...?

Quase todo jornal ou revista tem uma sessão em que se dá várias informações, geralmente curiosidades sem nenhum significado, começando com você sabia que ...
Pois eu achei que hoje havia várias curiosidades que se você, escasso leitor, não sabia, é bom ficar sabendo. Claro que nenhuma tem significado maior mas são coincidências tão interessantes que todos vão curtir.
Vamos lá:
Você sabia que ...
... a primeira pergunta que um i$ento barato fez ao juiz sorteado para o GRE-nada foi sobre o pai gremista do juiz?
... que uma dupla fétida de i$entos barato$ entrevistou um juiz do TST sobre o caso Oscarito e, por coincidência este juiz foi sorteado para julgar o pedido de liminar?
... que este mesmo juiz do TST já foi diversas vezes convidado para palestrar em Porto Alegre pelo advogado do timinho que cuida do caso oscarito?
... que a decisão tomada pelo juiz só prorroga a agonia dos safados, uma vez que ela não interfere no mérito que aponta razão ao São Paulo?
... que Novelhaco fez todos os esforços possíveis para por oscarito em campo amanhã, mas "infelizmente não deu", segundo suas próprias palavras?
... que eu também faria todos os esforços possíveis para por oscarito em campo amanhã mas infelizmente não pude fazer nada?
... o senado brasileiro é igual a depósito, só tem velharia que não serve para nada?

26 de abril de 2012

Falta de ter o que fazer


Você aí que votou em Paulo Paim, Ana Amélia Lemos e Pedro Simon, o Impoluto, deve estar orgulhoso.
Todos subiram à tribuna do senado hoje para "pedir ao TST que libere o "pobre Oscar, jogador utilíssimo à Seleção para jogar onde quiser."
O país está tão bem, sem nenhum caso de político corrupto para julgar, que senadores podem se dar ao luxo de pressionar juízes do TST a tomar decisões baseadas não na justiça, mas no desejo de um "pobre atleta".
Estes 3 senadores deveriam é pensar nos filhos e nos eleitores antes de falarem coisas deste tipo.
Mas é muita falta de ter o que fazer.
Alguém mais chegado, um assessor por exemplo, poderia sugerir que eles trabalhassem um pouco.

25 de abril de 2012

Grêmio é o meu favorito no domingo


As últimas semanas estão com um ar irrespirável no sul do Brasil. Em qualquer jornal que seja aberto, qualquer rádio ou tv que sejam ligados, eles estão lá: "sérios", serenos, impolutos. Os i$entos baratos, definitivamente perderam todo o resquício de pudor. Hoje mesmo, acesse o ClicRBS e veja a "entrevista" com o juiz que irá julgar o caso Oscar. Os sem noção pensam que podem pautar e condicionar juíz do TST. Não assim. Não assim ...

Mais uma olhada ao redor e o que se vê? Cretinos correndo para apontar o Grêmio como favorito. Gente que não cansa de exaltar as "qualidades" do queeee grupo, de repente esquece quem tem a melhor campanha, quem vai jogar em casa, quem tem menos desfalques e apontam, candidamente, o Grêmio como o provável ganhador. São os mesmos que ao fim de cada jogo do Imortal caem como lobos famintos em cima da presa para apontar as deficiências do elenco, a falta de categoria dos jogadores e a ausência de esquema de jogo. Pois de repente, mudam de opinião.
Pois vou me valer de um morango para dizer o que EU penso. Guerrinha, sobre o último GRE-nada, disse que "o Grêmio entrou com toda a motivação e o inter entrou frouxo". Disse mais o Guerrinha. Disse que "agora, neste próximo GRE-nada, os papéis serão invertidos, e o timinho será o Grêmio do jogo anterior."

Está certo o Guerrinha. E como está certo, aproveito e uso uma frase deste cocolorado que não comete os desatinos de outros i$entos barato$ para dizer o que eu penso. O timinho vai jogar muito motivado. E, portanto, digo eu usando frase do Guerrinha, "vai perder motivado."
Sim. O Grêmio é o MEU favorito. Se vai ganhar ou não é outro problema. Sabemos, todos sabem, que em futebol nem sempre dá a lógica. E sabemos também que, provavelmente Vuaden será o juiz. E que certamente, Noveleto ainda será o presidente da FGF.

Mesmo assim eu não fico no muro.

E você?

24 de abril de 2012

E os cavaleiros caíram do cavalo

Os cavaleiros do apocalipse perderam a montaria. Bradavam aos quatro ventos que a transição para a Arena, entre outros horrores, seria pecaminosa em termos financeiros.

Desenhavam quadros onde apenas meia dúzia de abastados comerciantes de Veneza, da Alexandria e da Fenícia teriam condições de assistir ao nosso glorioso tricolor em sua nova morada.

Checamos as informações que estão saindo na imprensa, separamos o joio do trigo e passamos aos nossos leitores algumas coisas que podem ser informadas: 1) a transição deverá ser tranquila; 2) os sócios terão os direitos respeitados; 3) os valores de mensalidades atuais serão mantidos, sendo apenas corrigidos por um índice de inflação; 4) não se pensa, pela complexidade do processo, em implantar controle biométrico no ingresso dos sócios.

O modelo de transição escolhido após inúmeras simulações ainda não está 100% fechado. Ele será apresentado ao Conselho Deliberativo do clube, podendo ser criticado e aperfeiçoado. A decisão final, contudo não será do CD. Caberá ao comando da Grêmio Empreendimentos propor a versão definitiva e ao Conselho de Administração do clube bater o martelo sobre a sua implementação.

Os ajustes finais e o início da chamada dos sócios, por ordem de tempo de associação, para escolherem a localização da cadeira no novo estádio, deve ocorrer no mês de maio. O mais antigo da família carregará outros membros do núcleo familiar no momento da opção, possibilitando que parentes fiquem em poltronas próximas. Também neste momento, familiares não sócios poderão associar-se ao Grêmio.

Certamente haverá grita de uns poucos que pensam só e sempre em tirar proveito pessoal do clube, obtendo vantagens com os mais variados, ainda que estapafúrdios, argumentos. Faz parte. Afinal, sanguessugas existem e tentam se alimentar onde podem. Mas serão minoria.

A caravana prepara-se para inciar a marcha, para nosso deleite e alegria e inveja desmesurada de associados de outra associação das redondezas.

23 de abril de 2012

Melhoras mensuráveis

Neste ano de 2012, o Grêmio já disputou 23 partidas. O técnico Vanderlei Luxemburgo estreou no empate contra o Caxias, no dia 26/02/2012. Vejam todos os jogos abaixo.

21/01 - Grêmio 0 x 2 Lajeadense
25/01 - Canoas 1 x 3 Grêmio
29/01 - Juventude 2 x 1 Grêmio
02/02 - Grêmio 1 x 0 São Luiz
05/02 - Grêmio 2 x 2 Inter
08/02 - Ypiranga 1 x 2 Grêmio
11/02 - Grêmio 4 x 1 Santa Cruz
18/02 - São José 2 x 1 Grêmio
22/02 - Inter 1 x 2 Grêmio
26/02 - Caxias 1 x 1 Grêmio
04/03 - Cerâmica 1 x 2 Grêmio
07/03 - River-SE 2 x 3 Grêmio
11/03 - Grêmio 5 x 0 Novo Hamburgo
18/03 - Veranópolis 1 x 4 Grêmio
21/03 - Grêmio 3 x 1 River-SE
25/03 - Cruzeiro 1 x 2 Grêmio
29/03 - Grêmio 4 x 0 Avenida
01/04 - Pelotas 1 x 0 Grêmio
04/04 - Ipatinga 0 x 1 Grêmio
08/04 - Grêmio 3 x 1 Caxias
11/04 - Grêmio 3 x 0 Ipatinga
15/04 - Grêmio 4 x 0 Ypiranga
21/04 - Grêmio 1 x 0 Canoas
_____

Estatística total

Jogos em casa: 11
Jogos fora: 12
...
Vitórias: 17
Empates: 2
Derrotas: 4
Gols marcados: 52
Gols sofridos: 21
...
Vitórias em casa: 9
Empates em casa: 1
Derrotas em casa: 1
...
Vitórias fora: 8
Empates fora: 1
Derrotas fora: 3
_____

Estatística com Luxemburgo

Jogos em casa: 7
Jogos fora: 7
...
Vitórias: 12
Empate: 1
Derrota: 1
Gols marcados: 36
Gols sofridos: 9
...
Vitórias em casa: 7
Empates em casa: 0
Derrotas em casa: 0
...
Vitórias fora: 5
Empates fora: 1
Derrotas fora: 1
_____

Quadro resumo


Em que pese a fragilidade dos adversários, com Luxemburgo o time vem apresentando melhoras, que são mostradas nas estatísticas. O aproveitamento do novo técnico é de 88%. Em 14 jogos sob seu comando, o Grêmio venceu 12, empatou 1 e perdeu apenas para o Pelotas. Nos último 5 jogos, sofreu apenas 1 gol, um grande avanço comparado com o desempenho no início da temporada. Dos 7 confrontos nos quais a defesa não foi vazada, ele estava na casamata em 6. Com ele, o time sofreu 2 gols apenas 1 vez. Além disso, o técnico está invicto no Monumental. Lá, Luxemburgo comandou o Grêmio 7 vezes e venceu todas.

Enfim, de Vanderlei Luxemburgo pode-se dizer: está trabalhando. As carências do time são conhecidas, mas ele vem estruturando a equipe com as peças disponíveis e conseguindo obter resultados. Hoje, podemos dizer que temos técnico. Se a Diretoria conseguir qualificando um pouco o grupo, poderemos disputar coisas importantes em 2012.

22 de abril de 2012

Desconfie do isento que lhe oferece um "campeão"

Eles são especialistas em pratos feitos (pf). Eles vêm vendendo o Veranópolis como "o campeão do interior", para justificar eventuais dificuldades em certo jogo da tarde de hoje. O que eles não divulgam são os últimos 5 resultados do "Campeão do Interior" na fase de grupo, que mostram o estágio atual do time. Veja abaixo e, hoje à tarde, não perca tempo chuleando o jogo. Saia com o seu filho, esposa ou namorada. Vai haver goleada no aterro. Qualquer coisa diferente disso é mais um vexame. E vexame, a gente curte depois de consumado. É a parte mais engraçada.
  • Veranópolis 1 x 4 Grêmio
  • Cerâmica 2 x 0 Veranópolis
  • Veranópolis 1 x 0 Novo Hamburgo
  • Varanópolis 2 x 2 Cruzeiro
  • Avenida 0 x 0 Veranópolis

O Canto do Cisne [11]

Estatísticas acumuladas do Olímpico Monumental em 2012

Jogos = 11
Vitórias = 9
Empates = 1
Derrotas = 1

Público Pagante = 126.570 pessoas
Público Total = 163.765 pessoas
Renda = R$ 2.702.110,75

Gols: 30

Goleadores:

4 gols: Marcelo Moreno, André Lima.
3 gols: Kleber, Naldo, Bertoglio, Légo Gago, Werley.
2 gols: Miralles, Fernando.
1 gol: Marquinhos, Souza, Douglas Grolli.

21 de abril de 2012

Magro mas com saúde

Grêmio 1 x 0 Canoas
Lances do jogo aqui.

Primeiro tempo: 1 x 0
Vinte e cinco minutos de bom futebol. Muito bom até. E o Grêmio saiu com 1 x 0 no intervalo. A defesa não teve nenhum trabalho. No meio de campo Fernando manteve o padrão e Marco Antonio fez uma de suas melhores partidas. O time estava tão bem que Batista até ficou brabo com o Canoas. É impressionante que este elemento seja mantido como comentarista de jogo do Grêmio. E divertido também. É também impressionante mas nada divertido que este bagaceira com nome francês apite a maioria dos jogos decisivos do Imortal. Rouba faltas, grita com o jogadores e de quebra, não deu um pênalti quando André Lima foi trancado na hora de chutar. Batista, é claro, achou que não foi.
Na segunda metade do primeiro tempo o time deu uma parada. Não que o Canoas ameaçasse muito, mas em jogo decisivo só pode dar uma parada quando este está liquidado. E o pau mandado do Novelhaco começou a perturbar.
Os mais fracos do time foram Pará, Gabriel e Leo Gago. Leo Gago porque foi muito fome nas cobranças de falta. Chutou todas direto, mesmo as que foram cobradas da área do Grêmio. Mas mesmo estes não destoaram.
_____
Segundo tempo: 0 x 0

O Grêmio começou com o mesmo ritmo do início do jogo e logo errou 2 gols. Aos 8 minutos a torcida aplaudiu a movimentação para a entrada de Miralles. Saiu Leo Gago e o meio de campo ficou menos compacto. Aliás, um pouco antes de sair Léo Gago levou o terceiro amarelo. Com isto o Canoas passou a gostar do jogo. Aos 17 minutos grande jogada de André Lima e Miralles só não fez porque o goleiro do Canoas fez uma defesa espetacular. Aos 23 minutos Miralles tentou fazer por cobertura e errou. O jogo seguia difícil embora o Canoas não chegasse a criar chances claras de gol.
Aos 27 minutos entrou Marquinhos e saiu Bertoglio de grande atuação. A raça deste nanico argentino é emocionante. E o futebol a cada dia está melhor.
Aos 35 minutos André Lima errou um gol que até o André Lima deveria fazer. Sozinho na cara do gol deu para fora. Aí saiu para entrar o Felipe Nunes. Aos 45 minutos Werley foi até a área do Canoas e deu um merengue para o Miralles que perdeu. Um minuto depois foi a vez de Miralles dar um mingau para o Felipe Nunes que jogou por cima. Ainda deu tempo para um gol do Miralles bem anulado.

O time alternou bons momentos com outros mais apáticos. No segundo tempo errou alguns gols que poderiam ter deixado a torcida mais tranquila. Por outro lado deu a certeza de que, seja o Veranópolis (mais provável), seja o timinho o adversário na final, dá para ganhar  até com certa tranquilidade. É só manter a pegada e a seriedade.

Dados do público:

Público Pagante: 15.282
Público Não Pagante: 4.076
Público Total: 19.358
Renda: R$ 417.409,00
_____
Como jogaram:

Victor: Sem trabalho.
Gabriel: Um pouco melhor do que nas partidas anteriores mas ainda abaixo, muito abaixo, do que já jogou.
Gilberto Silva: Seguro e sereno.
Werley: Está se firmando a cada jogo.
Pará: Marca bem mas errou passes à exaustão.
Fernando: Ele poderia jogar mal uma partida para mudar o comentário.
Souza: Bem na marcação mas deixou a desejar no ataque. No segundo tempo foi um gigante no desarme.
Léo Gago: Muito fome nas cobranças de falta. Está fora da decisão.
Marco Antônio: Muito bem no primeiro tempo. Sumiu no segundo tempo.
Bertoglio: Este vai ser ídolo da torcida. Isto, é claro, se não bobearem como já fizeram com o Diego Souza e o Maxi Lopes.
André Lima: Fez o gol e incomodou muito a defesa do Canoas. Está voltando à forma, mas errou um gol que "pelamordedeus".
.....
Miralles (Léo Gago): Entrou muito bem.
Marquinhos (Bertoglio): Entrou muito bem recompondo o meio de campo que havia ficado mais aberto.
Felipe Nunes (André Lima): Sem tempo.

Pofexô: Tem o time na mão. Mexeu mal quando entrou o Miralles mas logo recompôs o meio de campo.
_____

Jean Pierre Gonçalves Lima: Não é juiz. É pau mandado do Novelhaco.
_____

O jogo do twitter

@snel: Jean Pierre: cocozão.
@Blogdomosquetei: “: Batista inconformado.” Ele já começou a treinar a ULBRA.
@Blogdomosquetei: Chora Batista, diz q time do interior se acanha até por causa "dessa torcida"
@PeleiaGremista: O Batista chega ta brabo com o Canoas....
@Real_Gaguinho: Ba-Batista faz mal à saúde. Vá ao Olímpico.
@seuAlgoz: Bagaceira com nome frances, mesmo sendo viado, não combina.
@miltonjung: Nada como um sábado à tarde com um jogo de alto nível na televisão. E, claro, seu time estar em campo goleando: 1 x 0
@ImparSCIais: Pedimos aos seguidores que parem de indicar Batista para o ImparSCIais. Temos uma linha editorial da qual não vamos nos afastar.
@Betobuss: esse travesti eh muito ladrao!
@_Sironi: Impressionante a velocidade que o careca deu o cartão pro Leo Gago, ( terceiro dele ta fora da final).
@snel: Jean Pierre... Vou te dizer uma coisa: pior juiz dos piores juizes que pior federação tem. Muita sacanagem.
@fcpreis: jean pierre deve tá querendo matar o bandeira (sobre a falta que este deu em que teve de expulsar zagueiro do Canoas)

20 de abril de 2012

Curtas e grossas

Pagando malfeitos

Pois encontrei um uruguaio torcedor do Nacional hoje cedo. Ele me falou ter visto o jogo do timinho na casa de um morango e que este estava apavorado. Com o time e com a possibilidade do Santos aprontar uma. Aí me lembrei que quem mal não faz mal não pensa. Eles tem a casa tão suja que sofrem com medo de represálias.
Mas que foi divertido o susto que o Santos deu foi. Acho até que foi um recado. Deixaram terminar o jogo com o João para ganhar fácil fácil.
.....

A lama e o enlameado

E o Leandro, como mais um guri que se enche de dinheiro e é mal assessorado fez besteira. O suficiente para um energúmeno do tipo Kenny Braga querer transformá-la no assunto do dia. Tão fanático que tentou levar um assunto sério para o terreno da flauta futebolística. Esqueceu que guris cocolorados cometeram a mesma bobagem.
Questão de nível. Alguns estão na cobertura. Outros chafurdam no lodo do subsolo.
Quanto ao Leandro, uma troca de empresário me parece o mínimo a fazer. E um bom castigo. O dobro de voltas ao redor do campo por um mês, já que não dá para cobrar o preço de 1000 carteiras de motorista como multa.
.....

Expectativa

Com o que vi ontem, me convenço que podemos dar mais uma surra em pleno aterro. Isto se não apanharem antes do Veranópolis. O que não só é possível como passa a ser até provável. Claro, se não for escolhido a dedo um ... Jean Pierre, por exemplo.
.....

I$entos não descansam

Foi terminar o jogo com o chocolate do João que os jornaleiros saíram a injetar ânimos nos sofridos morangos. "Não há jogo jogado" foi a manchete do peruqueiro. Isto todos sabem, mas para disfarçar, poderia primeiro dar um pau e depois tentar levantar o morto.
.....

Mário Fernandes

Aqui e ali críticas à possível venda do Mário Fernandes. Realisticamente falando não há muito que se possa fazer. E o preço, se o anunciado, é bom. Sem falar que ele ficaria até o final da Copa do Brasil pelo menos.
Confesso que tenho esperança que esta situação se reverta a partir da Arena. Mais sócios, mais fontes de recursos, mais torcida no campo, mais patrocínios. Fora destas, não há solução.


17 de abril de 2012

Cada um vende o que tem

Eu falei que não iria comentar o caso do Oscarito e não vou. Não me interessa se ele vai jogar em A, B ou C. Já muita gente falou sobre as questões legais da coisa. Falei que o episódio todo gerava um asco profundo.
Me enganei. Nem no pior dos mundos se poderia imaginar que pudesse ocorrer o que ocorreu ontem. O comportamento do jornalismo (sic) gaúcho e de mais alguns paus mandados do Rio de Janeiro foi trágico. A justiça, a isenção e o direito foram mandados às favas. Nunca foi tão escancarado o uso de matéria paga travestida de jornalismo.
Se ainda havia para uns poucos dúvidas sobre o que move alguns "profissionais da imprensa" esta se dissipou na carroça que passou com a falta de postura, de caráter, de decência e de dignidade.
Morreu o jornalismo e escancarou-se outro coisa. Eu sei o que é. Todos sabem.
_____

Adendo do Arigatô

A entrevista de ontem foi encomendada, para ser anexada ao processo como "prova" de que ele deseja ficar aqui. Um jornalista sério não deixaria de fazer a pergunta mais óbvia para a ocasião: Há multa contratual e, em caso afirmativo, de quanto é? Como esta pergunta não cabia nos objetivos do teatro, não foi feita.

16 de abril de 2012

O Canto do Cisne [10]

Estatísticas acumuladas do Olímpico Monumental em 2012

Jogos = 10
Vitórias = 8
Empates = 1
Derrotas = 1

Público Pagante = 111.288 pessoas
Público Total = 144.407 pessoas
Renda = R$ 2.284.701,75
Gols: 29

Goleadores:

4 gols: Marcelo Moreno.
3 gols: Kleber, Naldo, Bertoglio, Légo Gago, André Lima, Werley.
2 gols: Miralles, Fernando.
1 gol: Marquinhos, Souza, Douglas Grolli.

15 de abril de 2012

A cada dia mais encorpado

Veja lances do jogo.


Grêmio sem medo de fantasmas (foto do Ducker)

Grêmio 4 x 0 Ypiranga

Primeiro tempo: 2 x 0

Não sei se o Pofexô capitulou aos i$ento$ barato$, provavelmente não, mas o jogo começou com uma surpresa: Miralles no time e Bertoglio no banco. Luxemburgo, de qualquer forma, já tem crédito para tomar decisões sem atrair desconfianças.
.....

O jogo começou aos 40 minutos. Pelo menos para quem tem Net aqui em Floripa. Foram 35 minutos para conseguir falar com alguém. Quando entrou já estava 2 x 0. Neste meio tempo, olhando precariamente pela internet e o recado pro Arigatô: "é tudo contigo".
Aos 15 minutos, boa tabela de Marco Antônio com Souza. Na frente do goleiro, Marco Antônio perdeu o tempo da bola e o gol. Aos 20, bela combinação na frente da área do Ypiranga. Souza lançou para Gabriel nas costas da zaga. O lateral cruzou e Miralles, de peixinho, não alcançou a bola. Miralles teve a sua chance aos 33, quando recebeu de Marco Antônio e chutou no sétimo andar. Aos 34, através de Werley e aos 35, com André Lima o Grêmio despachou o Ypiranga. No primeiro Mirelles fez belo lançamento para Marco Antonio que deu com açúcar para Werley. No segundo, Gabriel fez um passe espetacular para o André Lima.

Segundo tempo: 2 x 0

Edilson voltou  no lugar de Gabriel. O Grêmio entrou com ritmo mais lento mas não tanto como no último jogo. Aos 10 minutos Fernando fez o terceiro e saiu para entrar Marquinhos. O Grêmio começou a errar gol e Victor soltou uma bola fácil. Os dois torcedores do Ypiranga presentes lamentaram que os atacantes não aproveitaram. Felipe Nunes entrou em campo e me lembrou o Cheira-Rio: o penteado dele parecia um boné. Entrou e já fez uma jogada de efeito. André Lima começou a errar gol e gesticular como se o problema fossem os outros. Werley fez mais um depois de uma assistência de peito do Felipe Nunes. A cada dia ele fica um pouco mais diferente do Rafa Marques.

Foi 4 x 0 mas podia ter sido 7 ou 8. Um jogo tranquilo em que o time se comportou dentro das exigências. Mesmo sem empolgar mostrou mecânica de jogo, articulações bem feitas e tranquilidade. De ruim, aquelas malditas chuteiras vermelhas.
_____

Como jogaram (no segundo tempo)

Victor: Nenhum trabalho.
Gabriel: Deu um grande passe para o segundo gol. Mais não vi por culpa da Net.
Gilberto Silva: Seguro mas pouco exigido.
Werley: Mais dois gols. O melhor em campo.
Pará: É um bom reserva.
Fernando: A maior afirmação dos últimos anos.
Souza: Bem.
Léo Gago: O de sempre. O que é bom.
Marco Antônio: Bela assistência no primeiro gol. Boas articulações.
Miralles: Boa atuação.
André Lima: Um gol e, o principal, desta vez jogou perto do gol adversário. Mas reclama dos colegas mais do que deveria.
.....

Edilson (Gabriel): Entrou bem mas errou bisonhamente alguma cruzadas.
Marquinhos (Fernando): Boas articulações. Entrou muito bem. De novo.
Felipe Nunes (Leo Gago): Está mostrando personalidade.

Pofexô: Tranquilo. O time está a cada dia mais ajustado.
_____

Anderson Daronco (Marcelo Bertanha Barison e Rafael da Silva Alves): Não atrapalhou, mas dá a impressão de achar que é a estrela do jogo. Um bandeira roubou um impedimento que seria pênalti.
_____

Público e dinheiro:

Público Pagante: 12.233
Público Não Pagante: 3.345
Público Total: 15.578
Renda: R$ 311.948,00
_____

O jogo no twitter

@Real_Gaguinho: Grêmio fará minuto de silêncio por Cláudio Cabral. Co-côlorado se negou a fazer por Airton Pavilhão. Alegou proibição pela Conmebol.
@Real_Gaguinho: Alegação perna curta do co-côlorado foi desmentida 1 dia depois, quando o Vasco fez minuto de silêncio em seu jogo.
@OBonatto: Decepcionante o público para um jogo do útimo ano do Olímpico. Crítica COM mea culpa.
@ImparSCIais: Ontem, em meio tempo, Inter fez 3 no bom Cerâmica. Hoje, também em 45 minutos, Grêmio fez apenas 2 no rebaixado Ypiranga.
@Blogdomosquetei: Alô : Luxa não cumprimenta Leo Gago na saída. Um conselheiro próximo garante q o assunto entre eles não flui.
@seuAlgoz: Corneteiros do Marquinhos com dificuldade de trabalho hoje.
@ImparSCIais: Felipe Nunes não tem a velocidade, a força e a determinação de Jajá.

A técnica é simples

Jornalista, quando quer criar caso, cria. É tão fácil quanto receber convite para ir a eventos nas noites das segundas-feiras. A técnica é simples: primeiro, escolhe-se a pessoa que se quer ver envolvida em polêmica. Depois, acha-se um motivo (bobo ou relevante, não importa) para questionar. Se puder ser algo que conte com a simpatia de parte de uma torcida, melhor. A etapa seguinte consiste em repetir a mesma pergunta ad nauseam, fazendo com que o alvo, cansado de repetir a mesma coisa, emita uma resposta fora do padrão esperado. Se tiver um componente capaz de gerar alguma forma de indignação, melhor ainda. Assim se constrói uma "crise".

Vanderlei Luxemburgo está sendo vítima da técnica, aplicada por alguns jornaleiros locais. Perguntaram, perguntaram, perguntaram e perguntaram sobre a titularidade de Ezequiel, até que ele, cansado de dizer que o jogador está passando por um processo de reintegração ao grupo, viu-se envolvido no evento abaixo, durante uma coletiva.

- O que está faltando para o Miralles ser titular? - perguntou o repórter.
- Talvez você ser o técnico. É só vir para cá, vem, pode ficar nesta cadeira. - respondeu Luxemburgo.

Oh my Gotz! A fúria de Deus caiu sobre o técnico do Grêmio. A coisa estava muito calma no Olímpico, fato que parecia estar incomodando "setores" da crítica.

Desde que chegou aqui, Luxemburgo tem colocado os imparSCIais nos seus lugares. Agora eles vão reagir. É a segunda parte do plano. Aguardem a entrevista pós-jogo de hoje e dos próximos. Qualquer que seja o resultado, Luxemburgo vai ser provocado. Ouçam e sintam como se articulam as coisas na "imprensa profissional".

13 de abril de 2012

Esclarecimento do Blog


Alguns seguidores fiéis perguntam no twitter:
- seu Algoz, Arigatô, por que vocês não comentam o caso Oscar?

É simples meu caro Watson: tem coisas que dão nojo. Especialmente quando i$entos barato$ escrevem e falam como se estivessem se dirigindo a ignorantes e abobados.
Melhor curtir a família, o vinho, a pizza e o fim de semana que se aproxima.
Façam o mesmo e vivam felizes.

12 de abril de 2012

O Canto do Cisne [9]


Estatísticas acumuladas do Olímpico Monumental em 2012


Jogos = 9
Vitórias = 7
Empates = 1
Derrotas = 1

Público Pagante = 99.055 pessoas
Público Total = 128.829 pessoas
Renda = R$ 1.972.753,75

Gols: 25

Goleadores:

4 gols: Marcelo Moreno
3 gols: Kleber, Naldo, Bertoglio, Légo Gago
2 gols: André Lima, Miralles.
1 gol: Marquinhos, Fernando, Souza, Werley, Douglas Grolli,


Lances de Grêmio 3 x 0 Ipatinga

Vejam lances do jogo aqui.

E trechos da entrevista de Luxemburgo aqui.

11 de abril de 2012

República Argentina

Grêmio 3 x 0 Ipatinga

Primeiro tempo: 1 x 0

O jogo começou com duas grandes notícias:
  1. No Sportv Luis Carlos Jr. e Lédio Carmona nos garantiam uma transmissão sem as irritações dos batistas e outros babacas da vida.
  2. Bertoglio fez um gol como um craque faz gol: na frente do goleiro, ao invés de um chutão, driblou o elemento e rolou macio para a rede. O detalhe foi o passe primoroso do Marco Antonio. Uma assistência maravilhosa.
Depois continuou com imposição do Grêmio. O meio campo marcando avançado e a defesa sem grandes sustos. Os melhores eram Fernando, Marco Antonio e Bertoglio. Gabriel desaparecido, Pará muito tosco e André Lima voltando demais.
Foi assim até os 20 minutos quando o Ipatinga passou a gostar um pouco mais do jogo. E gostando, andou dando uns sustos que não precisávamos passar. Nada muito sério. Léo Gago abusava nos passes errados e André Lima voltando demais.
O Grêmio teve mais algumas chances e quase perdeu Bertoglio também com nariz quebrado. Mas o argentino voltou e continuou como se nada tivesse acontecido. É um guerreiro este hermano.

Segundo tempo: 2 x 0

O Grêmio voltou e com ele André Lima. Pensei que André Lima continuava voltando demais. Logo se percebeu que André Lima podia ter voltado, mas o Imortal ficou no vestiário. Até os 15 minutos não aconteceu quase nada e o Ipatinga a cada vez mais atrevido. Aos 15 minutos saiu Bertoglio para entrar Miralles. Ninguém entendeu o Pofexô. André Lima, que eu não desgosto, inexplicavelmente continuava em campo. E voltando demais. Ninguém na frente para complementar uma possível jogada de ataque.
Miralles entrou mas quem errou um gol feito foi o Ipatinga.
O Ipatinga continuava ameaçando. Sem grandes sustos mas ameaçando. E André Lima continuava voltando. Foi aí que pensei: já que o André Lima gosta de jogar na área do Grêmio, por que não testá-lo de zagueiro?
Entrou Miralles e depois entrou Felipe Nunes. Mas nada mudou.
Eu estava escrevendo a avaliação do Miralles ai embaixo. "Entrou e nada fez" eu dizia. Aí o fdp me sacaneou. Fez um golaço-aço-aço. Você que não viu o jogo, procura os melhores lances, porque vale a pena. André Lima viu o gol lá da intermediária.
Aí o Ipatinga fez um gol e o juiz anulou. Victor tinha falhado. A defesa também. Estes juízes safados só roubam para o Grêmio quando não precisa.
Leo Gago, para não perder o costume, fez mais um de fora da área. Este André Lima viu mais de perto, porque estava no banco perto da área do Ipatinga.
E a defesa não levou gol pela segunda partida seguida. Auspicioso.
_____

Como jogaram

Victor: Deu um susto no primeiro tempo. Falhou em um lance de gol mal anulado no segundo tempo.
Gabriel: Pofexô deve ter pensado em dar 15 jogos para Gabriel retomar o futebol de 2010. Independente do desempenho. Só isto explica ele continuar sendo escalado.
Gilberto Silva: Regular.
Werley: Bem. Aos poucos parece adquirir confiança.
Pará: Não joga nada. Mas é peixe.
Fernando: Já está chato dizer que ele foi um dos melhores. Mas foi. Fazer o que? O melhor do time.
Souza: Bem no desarme. Dispersivo no ataque.
Léo Gago: Bem no desarme. Errou muito passe no primeiro tempo.
Marco Antônio: Deu mais consistência ao meio de campo no início. Depois sumiu.
Bertoglio: Já está chato dizer que ele foi um dos melhores. Mas foi. Fazer o que? É um guerreiro.
André Lima: Prometeu ser centro-avante aipim mas parecia uma beringela mole trotando na intermediária.
.....

Miralles (Bertoglio): Entrou e nada fez, até fazer um golaço-aço-aço. Aliás, este argentino só faz golaços.
Felipe Nunes (Marco Antonio): Não apareceu.
Leandro (André Lima): Hoje entrou melhor.

Pofexô: Ninguém sabe porque ele escala o Gabriel. E ninguém entende porque ele não tira o André Lima. Pofexô, não me faz te pegar nojo.
_____

Público e Renda:

Público Pagante: 12.605
Público Não Pagante: 3.170
Público Total: 15.775
Renda: R$ 170.313, 25
_____
O jogo no twitter

@Minwer: Se eu chego atrasado no jogo é CERTO que o Grêmio faz gol cedo. (@ Estádio Olímpico Monumental
@Real_Gaguinho: Tem um co-côrneteiro fi-filho da puta, na cadeira F2, co-côrneteando o Bertoglio como nunca vi. Se estourar o pau aqui, já sa-sabem porque.
@Real_Gaguinho: Olhem a cara do co-côrneta.
@snel: Mas que lindo carrinho do Souza!
@seuAlgoz: Vandeco assumiu figurino bicheiro em P Alegre. Preferia os ternos.
@Real_Gaguinho: Acreditem, o co-côrneta xinga até quando o Bertóglio sofre faltas.
@thiagocb: Se ficar comprovado que o nariz do Bertoglio tá bom, bem que podia sair o A Lima e entrar o Miralles
@CassianoMenezes: O pessoal anda vendo jogo com celular na mão?
@thiagocb: Tá na hora de fazer o segundo gol de uma vez pra matar esse jogo. PORRA!!! (aos 20 do segundo tempo)
@Real_Gaguinho: Jo-jogo do Grêmio atual, normalmente, é igual a Buzina do Chacrinha: só acaba quando termina.
@seuAlgoz: O Pofexô ouviu dizer que o Grêmio do Felipão jogava feio e ganhava e resolveu imitar.
@bitvinicius: Ano passado tinha que ter invertido o R. Marques e o A. Lima de posição.

10 de abril de 2012

I$entos acham carne de pescoço


Uma das coisas que mais incomoda a torcida gremista é a liberdade com que os i$entos baratos trafegam pelo Olímpico e escrevem o que bem entendem sobre o Grêmio. Incomoda tanto que, de algum lugar, acabou surgindo os ImparSCIais, um blog que satiriza a situação.
Faz anos que ninguém no Grêmio se posiciona e tenta dar um basta na bandalheira. Presidente após presidente, diretor após diretor, treinador após treinador, todos participavam do jogo imundo daqueles que foram definidos pelo Aff...tato como "muito baratos".
Pois agora parece que a festa acabou. Luxemburgo, mais do que pelos acertos do time, caiu no gosto da torcida por enquadrar este bando de anti-profissionais no canto que eles mereciam estar.
O mais delicioso dos dias de jogo do Imortal tem sido, sem dúvida nenhuma, ouvir as entrevistas do Pofexô após os jogos. Não fica nenhuma pergunta maliciosa sem uma martelada nos dedos de quem a formula. Acabou a vida fácil destes malandros de porta de igreja que se acham "expertos".
Até se pode imaginar os churrascos das segundas mais concorridos do que o normal. Bla-bla-lho e seus a$$eclas devem estar repensando a tática. Porque esta de pergunta safada para levantar ondas, com o Pofexô, definitivamente não cola. Basta ver as manifestações de alegria da torcida tricolor nos comentários dos blogs e no twitter em relação aos taquaraços.
Chega de filet mignon meus caros. Digiram a carne de pescoço agora. Com osso e tudo.

9 de abril de 2012

O Canto do Cisne [8]

Estatísticas acumuladas do Olímpico Monumental em 2012


Jogos = 8
Vitórias = 6
Empates = 1
Derrotas = 1
Público Pagante = 86.450 pessoas
Público Total = 113.054 pessoas
Renda = R$ 1.802.440,50
Gols: 22

Goleadores:

4 gols: Marcelo Moreno
3 gols: Kleber, Naldo
2 gols: Bertoglio, Légo Gago, André Lima
1 gol: Marquinhos, Fernando, Souza, Werley, Douglas Grolli, Miralles.

8 de abril de 2012

Um primeiro tempo suficiente

Grêmio 3 x 1 Caxias

Pré jogo

Para fazer bem alguma coisa, mais importante do que ser bom no que se vai fazer, é querer fazer bem. Há milhares de exemplos de talentosos que não deram em nada e de esforçados que chegaram no topo.
Você que é mais arguto já adivinhou onde quero chegar: no Miralles. Miralles chegou precedido de boa fama mas nunca se firmou. Não vai bem nos treinos, era a desculpa mais usada. Não se esforça. Nunca engoli esta desculpa, porque sei histórias de dezenas de jogadores que arrasavam nos treinos e desapareciam nos jogos. E vice-versa. Questão simples de temperamento. Ou falta de. Vários técnicos passaram pelo Grêmio e o deixaram encostado. Até que o Pofexô teve uma conversa de homem para homem e ele decidiu ir embora.
Uma semana na Argentina e Miralles voltou mudado. Ou, aparentemente mudado. Quer ficar.
Eu quase arrisco a dizer que ele chegou agora. Pela primeira vez parece com a cabeça em Porto Alegre e no Grêmio.
Que seja muito bem vindo. Só falta agora ver que diferença haverá no campo de jogo.
_____

Primeiro tempo: 3 x 0

Os primeiros 13 minutos foram quase de domínio do Caxias. O Grêmio nada criava. Até que os hermanos resolveram jogar. Bertoglio saiu da defesa e deu um passe espetacular para Miralles. Este cortou o zagueiro e bateu lindamente no ângulo. Um golaço!
Não foi um primeiro tempo de imposição como o 3 x 0 poderia dar a entender. A defesa deixou o Caxias criar algum perigo. E o ataque não foi tão efetivo. Até pela falta de uma ligação mais consistente e continua. Miralles perdeu um gol após outro lançamento espetacular de Bertoglio. Que também deixou André Lima na cara do gol para fazer o terceiro. Antes Naldo fez de cabeça em cobrança de falta muito boa de Leo Gago.
Em resumo, o placar foi melhor do que o jogo. E Bertoglio, corneteado pelos i$entos baratos, deu dois passes primorosos que resultaram em 2 gols.

Segundo tempo: 0 x 1

Voltando com 3 x 0 era natural que o segundo tempo fosse morno e deixando o tempo passar. Logo Bertoglio, o grande nome do primeiro tempo, saiu para dar lugar a Leandro. Logo depois entrou Felipe Nunes no lugar de Miralles. E mais um pouco depois, Leo Gago fez lambança e Victor aceitou um chute frontal. E mais um pouquinho depois o Caxias não fez o segundo por ruindade do seu atacante.
O Grêmio parou, literalmente, no segundo tempo. E sem Bertoglio ficou sem um articulador para pifar os atacantes.
Até os 33 minutos, a única coisa boa foi o lamento do Batista: "se o Caxias tivesse jogado assim no primeiro tempo as coisas poderiam ter sido melhores". Grande Batista, recalcado e mal agradecido. Este merecia que o stalinismo fosse instalado no Olímpico para apagar o nome desta lepra da lista de ex-jogadores do Imortal.

Mais feio do que o segundo tempo foi ver jogador do Imortal com chuteiras vermelhas. A diretoria deveria proibir esta prática que está se alastrando.
De bonito, além dos gols do Grêmio, a homenagem ao grande Airton, com seu nome em todas as camisas. Airton que foi o maior zagueiro da história do futebol.
_____

Como jogaram

Victor: No primeiro tempo não foi exigido. Frangueou no gol do Caxias.
Gabriel: Levou uma saranda do Vanderlei. Mas pelo menos correu hoje.
Naldo: Perigo nas duas áreas. Impressionante como rebate curto e mal.
Werley: Não é tão ruim como se pensava. Nem tão bom como deveria ser.
Julio Cesar: Boa partida.
Fernando: Sempre um dos melhores.
Souza: Bem. Embora sem repetir as atuações que teve na chegada.
Léo Gago: Bem. Sempre mantém o mesmo padrão. Não empolga nunca. Mas não decepciona nunca também. Falhou no gol do Caxias.
Bertoglio: Em jogo sem nenhum destaque excepcional, foi o melhor pelos dois passes espetaculares para o primeiro e o terceiro gol.
Miralles: Seja bem vindo. Pode ser muito útil.
André Lima: Corre. Ajuda a defesa. Fez gol. Mas vai continuar a ser corneteado.
.....

Leandro (Bertoglio): Como tem sido normal, não jogou nada. Tem que começar tirando aquelas chuteiras vermelhas.
Felipe Nunes (Miralles): Mostrou jeito para a coisa. Mas entrar em time que está dormindo não deve ser fácil.
Felipe Guedes (Leo Gago): Não tocou na bola.

Pofexô: Faz um bom trabalho. Talvez tenha freado demais o time no intervalo.
____

 Márcio Chagas da Silva: Embora seja um negão de 2 metros não foi notado. O que para juiz é um baita elogio. Mas não tem jeito. Quando deu 8 minutos de acréscimo foi criticado pelos i$entos baratos. Agora deu 3 minutos e, surpresa, foi criticado pelos i$entos baratos.
_____

Público e renda

Público Pagante: 9.211
Público Não Pagante: 2.952
Público Total: 12.163
Renda: R$ 208.120,75
_____

O jogo no twitter

@seuAlgoz: Vanderlei é o cara: já deu nos dedos de um i$ento barato fdp.
@gremiooficial: Todos os jogadores levam nas costas da camisa de jogo o nome de Airton em homenagem ao eterno "Pavilhão".
@Thiagocb: Golaço do Miralles!!! Chupaaaaaaaaa
@Dudagarbi: É Páscoa! Miralles ressuscitou!
@seuAlgoz: Eu deixei pronto um post profético. Nada como saber das coisas.
@snel: Temos o milagre da ressurreição no Olímpico: Miralles, Naldo e Andre Lima.
@thiagocb: É... O Grêmio não convence nunca. CORNETEIROS FDP!!!!
@Imparsciais: Fim do primeiros tempos: Grêmio tem dificuldade para vencer o Caxias por 3 x 0. Inter vence bem o São Luiz, 2 x 0.
@betobuss: daqui a pouco o Batista vai dizer q o resultado eh injusto... Barato mediocre..
@fcpreis: Que coincidência, o Jean Pierre apitando jogo do Inter.
@snel: Que gol do Caxias. Gremio APAGOU no segundo tempo.
RT: : Esse Leandro não serve nem pra fazer sabão. Por falar nisso, é o típico segundo tempo pão com banha.

7 de abril de 2012

Teses são para os acadêmicos


Eu tenho idéias sobre futebol. Como a maioria também tem. E já estou há um bom tempo na estrada. Já torci para um meio de campo de Cacau, Iura e Neca. Neca era um Douglas muito melhorado. Não errava gol quando estava dentro da área. Fez mais de 40 só em um ano. Mas Cacau e Iura eram ruins demais. Vocês, mais novos, que ficam chiando com o Léo Gago, Marco Antônio, Marquinhos e outros, não tem idéia do que foi torcer 2 anos inteiros por Cacau e Iura. E junto com eles, Vilson Cavalo na lateral. Aquilo era Gremismo de verdade. Uma geração inteira foi forjada no sacrifício. Não é atoa que a torcida do Imortal é a melhor do mundo.

Mas volto ao que interessa. O fato de ter idéias não me faz um defensor intransigente de teses. Digo isto porque fui radicalmente contra a vinda do Pofexô mas estou começando a me convencer que ele foi um acerto. Pelo menos até agora. Está compenetrado no trabalho e já se viu que sabe mesmo lidar com boleiro. O time vem aos trancos e barrancos mas vem ganhando quase todas. Aquele jogo com o Pelotas guardo na pilha da exceção prevista. Time médio, ganhando todas de repente pinta o salto alto.

Se o Pofexô me deixa tranquilo, os corneteiros me deixam nervoso. Corneteiro é pior do que aqueles que defendem tese. Corneteiro nem tese tem para defender. Pega emprestada e, como não é inteligente, não sabe nem de onde roubar teses. Então, quase que invariavelmente pega emprestado de isentos baratos.

O Grêmio passa a ser um time sem ninguém que presta. No Grêmio todos são nulidades. No cocô-irmão só há craques. Bla-bla-bla. Corneteiro também não sabe ler. Por exemplo. Vai ler este post e dizer que prego o apoio incondicional. Este blog prega sim o apoio incondicional. Durante os jogos. Afinal, se vaiar um time ajudasse a vencer, a vaia deveria ocorrer sempre. Ou o objetivo da torcida não é ver seu time sempre na frente?

O elenco foi mal montado? Em algumas posições sim. Especialmente na zaga. Foram feitas 3 apostas: Grolli, Pablo e Sorondo. Os dois primeiros muito verdes ainda e o terceiro com um passado de lesões que recomendava cautela. E se tentou, sem conseguir, um armador. Ou será que este armador existe no elenco e não joga o que sabe por causa da corneta que rola solta? Marco Antonio, por exemplo, começou tímido, sumido e aos poucos foi se soltando. Adiantou? Nem um pouco. Os defensores de teses i$entas continuam a vê-lo como um inútil. Já nem falo do Marquinhos porque metade dos poucos leitores do blog vai ter piti. Recomendo pensarem um pouco sobre isto.

Enquanto vocês pensam o Pofexô também pensa. E resolveu voltar ao 4-4-2. Com dúvida no ataque entre Bertoglio, Leandro ou Miralles. Será que ele tem dúvida mesmo? Ou estamos diante de mais uma onda i$enta barata? "Bertoglio não joga nem 10 % do que se pensava", já estão a dizer. Afinal, o período de empréstimo está no fim e seria bom que a torcida começasse a achar que o que estão pedindo é muito caro. Mas vou dizer uma coisa. Este argentino tem personalidade. Com ele não vinga a corneta.

Então é isto. No mais uma boa Páscoa para todos, incluindo os morangos que aqui vem se instruir. E uma boa vitória amanhã, que combinada com o empate dos róseos, encaminhará o título.

5 de abril de 2012

Muita calma nesta hora

Eu não gostei do jogo de ontem. Não gostei da escalação. Não gostei do respeito excessivo ao Ipatinga. Não achei o jogo bom de ver. Gostei muito do resultado, embora poderíamos ter ganho de 2 ou mesmo 3 x 0. Agora vamos fazer um novo parágrafo.

Na Copa do Brasil quantas equipes eliminaram o jogo da volta? Destas que eliminaram, quantas ganharam de goleada? Pois é. Mais um novo parágrafo.

Ontem eu vi um timinho levar um banho de bola. Só um provável pacto com o demônio justifica não terem saído goleados no final. Este provável pacto também garantiu um imerecido e inesperado, até para eles, empate no último minuto contra o fabuloso Strongest (ou seria Weakest?) no jogo anterior. E o que se lê nos sites dos jornaleiros isentos hoje? Elogios, elogios e mais elogios à garra, à determinação, ao esforço, ao ao ... do grande  campeão de tudo.

E quais as manchetes sobre a vitória do Grêmio? Pois é. Não precisa ter muitos neurônios para ver que tudo isto é orquestrado e dizem, não tenho prova e não estou afirmando, pago com churrascos e com pitimbas no final do mês.

O Grêmio não empolga? Não. Me apontem um time que empolga no início de um trabalho. O Grêmio tem carências? Algumas. Que até nem são difíceis de suprir. O Grêmio tem desfalques? Ixi. Qual o time que sobreviveria à ausência ao mesmo tempo de um Kleber, de um Mário FernandesGilberto Silva, Saimon, Marcelo Moreno e outros?

Olhem a história do Grêmio e não acharão um título feito de goleadas retumbantes. Aí já vem um corneteiro da vila xurupita e, ou porque é babaca e lê os jornaleiros i$entos, ou por ingenuidade, ou mesmo por ansiedade e faz terra arrasada. Exatamente o jogo desejado por Bla-bla-lho,  o grande mentor, e seus asseclas.

As coisas podem e deveriam estar bem melhores. Mas com guinchos e puxões de cabelo ninguém consegue chegar a Roma. Então. Aproveitem a Páscoa para tomar bastante ´suco e chá de maracujá. Acalma uma barbaridade, dizem.
_____

Up date: Quem escutou o Sala de Redação hoje vai obrigatoriamente concordar comigo. O timinho, para aqueles débei$ mentai$ é extraordinário. Não ganhou por detalhes ou porque faltou meio time. Apenas Guerrinha finalmente reconheceu: o timinho tem time mas não tem queeeeeeeeeeeee grupo!

4 de abril de 2012

Vitória mínima

Ipatinga 0 x 1 Grêmio
_____

Primeiro tempo

O Grêmio foi para o jogo num surpreendente 3-5-2. Até os 17 minutos, nada aconteceu. Aos 19, Bertoglio serviu Fernando que chutou para fora, na primeira chance real de gol do jogo. Aos 25, Marcelo Moreno sentiu lesão e deixou o campo, substituído por André Lima. Aos 30, Victor fez defesa importante. Aos 32, jogada de Bertoglio pela direita, cruzamento para a área, cabeceio de Léo Gago e defesa do goleiro. Aos 40, Léo Gago vacilou e perdeu a bola, armando o ataque do Ipatinga. Victor defendeu chute forte.
_____

Segundo tempo

Aos 7 minutos, Bertoglio bateu para defesa do goleiro. Aos 9, um objeto não identificado assustou o árbitro. Aos 20, Leandro entrou no lugar de Bertoglio. Aos 25, Fernando chuta de canhota e quase faz. Aos 27, Léo Gago, solta a bomba de fora da área e faz 1 x 0. Aos 44, Leandro serviu um mamão com açúcar para Marquinhos decidir a classificação, mas a conclusão ficou na zaga. Aos 47, Marquinhos recebeu atrás da zaga e errou outra oportunidade. E ficou nisso.
_____

Resumo da ópera

Foi um jogo que aumenta a apreensão sobre as possibilidades do time. Lesões e falta de reposição fragilizam demais a equipe. O jogo foi fraco no primeiro tempo e continuou assim até a metade do segundo. Feito o gol, o Grêmio teve as melhores chances de ampliar. Paradoxalmente, após a entrada de Marquinhos, que foi o jogador que desperdiçou as melhores oportunidade de gol do jogo.

Enfim, uma vitória que dá certa tranqüilidade para o jogo de volta, mas acende a luz da preocupação sobre até onde poderemos ir nos campeonatos deste ano.
_____

Como jogaram

Victor: Quando precisou estava lá.
Naldo: Nada fez de horroroso desta vez.
Vilson: O melhor da zaga.
Werley: Atuação aceitável.
Gabriel: Parece sem força física.
Souza: Bem na marcação, mas não repete os jogos iniciais, quando emprestava apoio qualificado à armação.
Fernando: No ano passado, alguns queriam o guri fora do Grêmio. Hoje, é um dos principais jogadores do time.
Léo Gago: Fez o gol da vitória e cumpriu bem a função de marcação.
Julio Cesar: Apagado.
Bertoglio: Boa atuação. Um dos únicos lampejos criativos do time.
Marcelo Moreno: Tinha atuação apagada. Sofreu lesão. Deve ficar fora por alguns dias.
.....
André Lima (Marcelo Moreno): Esforçado. Só.
Leandro (Bertoglio): Em pouco tempo, bons lances.
Marquinhos (André Lima): Com a sua entrada, o time conseguiu controlar melhor o jogo. Desperdiçou  duas vezes o gol da classificação antecipada.
.....
Luxemburgo: Iniciou o jogo surpreendendo, com um 3-5-2 nunca escalado. Mas o esquema é secundário. O que importa é o rendimento do time. Ainda está baixo. Desconto para os crescentes desfalques.
-----
Arbitragem de Diego Pombo Lopez (BA), com Alessandro Rocha de Matos (BA) Lilian Fernandes Bruno (RJ): deixou de mostrar alguns cartões e marcar faltas em jogadas violentas.
_____

O jogo no twitter

@seuAlgoz: Pofexô adere ao famigerado 3-5-2. E com Naldo. Ele gosta de jogar. Calaveira.
@snel: Werley é o capitão. Pergunto: o que fez pra merecer isso?
@seuAlgoz: Daqui há um mês não vamos ter 11 pra escalar
@snel: Lexotan, Valium, e similares: COMPRO. Tratar neste guichê.
@dudagarbi: Gilberto Silva, Saimon, Mário Fernandes, Kléber Gladiador e agora M. Moreno. Impressionante como jogador ruim não se machuca.
@Real_Gaguinho: Com esses jogadores, o Grêmio, bem bem bem treinado, será um time mé-médio.
@snel: Findando o primeiro tempo e não tivemos uma chace decente de gol... Mas que bela merda.
@Ducker_Gremio: RT @JuarezRoth O Grêmio é o único time que consegue dar prejuízo pra Unimed...
@GremioLbertador: #Classificados Gremio FBPA contrata: pai de santo, com experiência comprovada e santo forte. Tratar no Largo dos Campeões.
@Real_Gaguinho: Só um jo-jogador pode desatar o nó desse jogo: Facundo Bertoglio.
@ImortalPampero: Se chamarem o esquadrão anti-bombas vão tirar o Gabriel de campo!
@OBonatto: Quando o cara pensa que ja viu de tudo em futebol... me pareceu um baguete que a mãe de alguém fez pra levar no jogo...
@Real_Gaguinho: O Souza tinha que ser mandado para a Europa toda semana e só voltar na vé-véspera dos jogos. Aí ele rende.
@OBonatto: Alguém deve ter dito pro Luxa que pior não podia ficar, aí ele olhou e disse: Quer ver que fica? Peraí. (Quando saiu Bertoglio)
@Real_Gaguinho: Futebol só é 90% de transpiração e 10% de inspiração, qua-quando há alguma inspiração em campo.
@seuAlgoz: O Naldo ia ser dispensado e agora tá ai. Bobeia e acaba capitão. O Airton não merecia isto no dia do enterro.
@thiagocb: Quando o lance mais importante do jogo é uma suspeita de bomba, é pq o jogo tá uma merda
@Real_Gaguinho: Ga-Ga-Ga-Goooooool.
@Real_Gaguinho: O mundo é dos Ga-Gagos.
@vrischtter: Chutou - foooom! Haha “@giulianovieceli: Mas vai chutar uma abóbora de pescoço Léo Gago... Puta que pariu!”
@ImparSCIais: Léo Gago dá chute violento e juiz não mostra cartão.

Perna curta e cara de pau

"Marketing" de pernas curtas e nariz longo

Quando do grande anúncio da maravilhosa assinatura do extraordinária contrato do estupendo clube do aterro com a Andrade Gutierrez, foi dito e repetido por seu presidente e outras "autoridades" morangas, que eles eram o único clube do mundo Phipha a sediarem duas Copas do Mundo. No dia 20 de março, além de colocar o "feito" na sua devida dimensão (nenhuma), desmentimos a informação no post intitulado "A mentira como estratégia de marketing". Hoje, anúncio nos jornais "comemora": "...o único clube da América do Sul que vai receber...". É amigos...

_____

E os laudos? Nunca mais vi!

No mesmo post, denunciamos que o "estádio da Copa" estava irregular, pois não apresentara os laudos de vistoria previstos no artigo 23 do Estatuto do Torcedor (Lei 10.671) e definidos no Decreto 6.795. Muito bem. Noticiamos agora: os responsáveis pelo estádio apresentaram laudos... antigos. Haja óleo de peroba para tanta cara de pau. Assim,  o único estádio do mundo a usar boné, segue irregular, porque não tem os laudos de vistorias exigidos pela legislação. Pode isso, Arnaldo?
_____

Enquanto isso, em Ipatinga

Hoje, às 19:30, seguimos a caminhada na Copa do Brasil. A preocupação principal segue centrada na zaga. Esperamos que seja uma noite de nenhum sobressalto. Que o grande Airton Ferreira da Silva nos ajude a espantar todos os perigos da área.

3 de abril de 2012

Airton, o "Pavilhão"

No dia 03/11/2007, publicamos o post abaixo, na Calçada da Fama do blog. Reproduzimos, como uma homenagem ao inigualável zagueiro Airton Ferreira da Silva, que nos deixou na data de hoje.
_____



Ficha

Nome: Aírton Ferreira da Silva
Nascimento: 31 de outubro de 1934, Porto Alegre (RS)
Período no clube: 1954 a 1967
Posição: Zagueiro
Data da homenagem: 21/09/1996

*****

Títulos

1956 a 1960 – Pentacampeão da Cidade e do Estado
1962 a 1967 – Hexacampeão do Estado
1962 – Campeão do Troféu Atenas, Campeão do Troféu Salônica
1962 – Campeão Sul-Brasileiro Invicto
1964 – Campeão da Cidade
1965 – Campeão da Cidade

Na Seleção Brasileira:
1956 – Campeão Pan-Americano
1960 – Vice-Campeão Pan-Americano
1964 – Vice Campeão da Taça das Nações

*****

Aos 13 anos de idade, jogando na ponta-direita do Força e Luz, um menino esguio, filho de um sapateiro, chamava atenção pela técnica apurada. Aos 20 anos, com um 1,87 metros e porte físico avantajado, se transformara em center-half, o nome como eram conhecidos os volantes antigamente. Suas atuações exuberantes chamavam a atenção de quem o via atuar.

*****

Segundo se conta...
Era uma vez em Porto Alegre, um center-half de 20 anos que se preparava para entrar em um cinema, acompanhado da namorada, no mês de junho. Talvez enquanto a moça escolhia balas para degustar durante o filme, seu namorado foi abordado por 2 emissários do Grêmio. A proposta era excepcional: além de um bom salário, incluía um automóvel. Nenhum jogador de futebol que atuava no RS possuía carro naquela época.

*****

Segundo também se conta...
Era uma vez 1954, ano de inauguração do Olímpico Monumental. O Estádio da Baixada, antiga casa tricolor, localizado onde hoje é o Parque Moinhos de Vento, havia sido desmanchado. As tábuas da arquibancada estavam disponíveis. Na negociação com o Força e Luz, além de um valor em dinheiro, foi entregue aquele lote de madeira. Este fato valeu ao jogador contratado o apelido de Aírton “Pavilhão”.

*****



No Grêmio, o técnico Oswaldo Rolla, passou a escalá-lo na zaga central, ao lado de Ênio Rodrigues (também oriundo do Força e Luz). Foi uma zaga que marcou época. Marcador implacável, impunha-se também no cabeceio, mas principalmente pela técnica refinadíssima, com a qual defendia a cidadela tricolor. Sua marca registrada era o “passe de letra”ou “de charles”. Aírton carregava a bola para perto da bandeirinha de escanteio, arrastando com ele os atacantes adversários. Lá chegando, subitamente posicionava a bola do lado de fora do pé esquerdo e a impulsionava com o peito do pé direito para as mãos do goleiro ou para outro companheiro de equipe, para deleite da torcida e espanto dos atacantes que pensavam tê-lo encurralado.

*****

Dizem que um passe de letra, num treino da seleção brasileira, lhe custou a convocação para a Copa de 62, disputada no Chile. Aymoré Moreira, o técnico, não gostou de ver um zagueiro fazendo aquilo e o excluiu do grupo. Aírton deve ter adorado, porque...

*****

Avesso a aviões, ele não acompanhava a delegação gremista em viagens aéreas curtas. Quando o Grêmio atuava no interior do RS, em Santa Catarina ou no Paraná, enquanto a delegação voava, ele seguia de ônibus ou de carro. Seu pânico por aviões era imenso. Na vitoriosa excursão gremista à Europa (1961), Aírton alegou problemas médicos e pediu dispensa. A Direção não lhe deu ouvidos e ele estava no grupo que brilhou nos gramados do Velho Continente.

*****

Após marcar Pelé com maestria, Aírton foi jogar no Santos (1960). Sem oportunidade para mostrar seu futebol (o Santos tinha Mauro Ramos), preferiu retornar ao Grêmio, sagrando-se Hexacampeão Gaúcho (1962-1967). Há quem diga que o verdadeiro motivo foi outro: aquele Santos de Pelé viajava demais. E, quase sempre, de avião.

*****

Durante 13 anos, Aírton “Pavilhão” foi o principal jogador do Grêmio. Foi o melhor zagueiro gaúcho de todos os tempos e um dos melhores do mundo. O "zagueiro que driblava" marcou 120 gols na carreira.

Em 1967, com 33 anos, tendo vencido 12 campeonatos gaúchos em 13 disputados (marca nunca igualada), com uma distensão na virilha que limitava seus movimentos, Aírton despediu-se do Grêmio, indo atuar no Esporte Clube Cruzeiro de Porto Alegre. Posteriormente, foi convidado para ser técnico e zagueiro no Cruz Alta, onde se aposentou em 1971.

*****


Em pé: Orlando, Ênio Rodrigues, Ortunho, Arlindo, Élton e Aírton.
Agachados: Marino, Gessi, Juarez, Milton Kuelle e Vieira.

Na memória tricolor, porém, Aírton Ferreira da Silva nunca parou. No dia 04/08/2004, nos exatos 50 anos da estréia com a jaqueta imortal, Airton foi homenageado pelo Grêmio. Antes de jogo contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro, o "Pavilhão" foi recebido no gramado do Olímpico, onde Luiz Felipe Scolari lhe entregou uma placa alusiva à data e uma camisa número 3 do Grêmio, com seu nome gravado. A torcida aplaudiu de pé o gênio da bola e gritou seu nome em coro, como se tivesse acabado de assistir um gol de letra.

Muito obrigado Airton “Pavilhão” Ferreira da Silva.

OK, as camisas chegaram

O assunto se presta para debates além da conta. As redes sociais podem potencializar qualquer discussão. A das camisas tornou-se obrigatória a cada ano. OK, as camisas são o carro chefe de um item importante das receitas, mas é muito nhém-nhém-nhém sobre elas.

Mais importante do que isso, o que eu quero saber é da "beleza" do time. Jogando pra ganhar e ganhando, com pinta de ganhador. Um time que me dê a confiança de ir ao Olímpico sabendo que venceremos, repousando a interrogação apenas no placar. Isso ainda não há e o encarregado de dotar o Grêmio deste, que é o mais importante dos predicados, não é a Topper.

Vamos lá. Vamos completar o elenco. Até o meu filho de 7 anos sabe que sem zaga e criatividade no meio de campo não chegaremos a lugar nenhum.

Acordem, acordem, acordem, joãos!

2 de abril de 2012

Imagens oficiais da Topper


 

 




Camisas de jogo




Uniforme principal

Nova camisa oficial - Reserva

Estas são as novas camisas.

Nova camisa (?)

Diz o Talis Ramon que esta é a nova camisa. Será?


Dizem no Twitter, que esta seria a segunda camisa.

1 de abril de 2012

O jogo que eu vi

Hoje era dia do Arigatô postar. E ele, corneteiramente, mandou um SMS antes do jogo. "Ja tenho a avaliação do Marquinhos." O melhor em campo disparado, respondi. Mas Marquinhos fez a pior partida dele no Grêmio.
Grandes coisas. Moreno, Bertoglio, Souza, Leo Gago, Julio Cesar. Todos fizeram a pior partida deles no Grêmio. Só Gabriel que não. Gabriel tem jogado sempre a pior partida dele no Grêmio.

Eu acompanhei todos os grandes títulos do Imortal. E nestes títulos tivemos times medíocres e guerreiros algumas vezes. E tivemos times espetacularmente bons e guerreiros outras vezes. Está no nosso DNA. Se juntar 10 pelés no Grêmio e começarem de firula, não ganhamos nem ruralito. E o jogo de hoje foi isto. Claro que Kleber, acima de todos, Gilberto Silva e outros fizeram falta. Mas se eles estivessem em campo e o time tivesse a atitude, ou a falta de atitude de hoje, perderia do mesmo jeito. Jogo de firula é para frescos. Tem timinho por aí que nem é de frescos. São phrescos com ph de tão cheios de regalitos. Desconfio que a viagem de avião ajudou. Jogador começa a se achar muito importante e quer mostrar que é craque. Não se viu imposição. Vi times do Grêmio com Orcina, Iura, Lairton, Vilson Cavalo. Todos eles perebas da pior qualidade, mas que por conta da camisa sufocavam os adversários. Perdiam mas deixavam a sensação de terem tentado tudo que podiam. Não foi o caso de hoje. Seria bom que mudassem os planos da volta. Ao invés de voltarem de avião, deveriam ser postos em ônibus de linha. Com direito a parada em Pantano Grande e Guaíba. Quem sabe aprenderiam.

Mas até na desgraça tem um lado bom. Antes do jogo eu tinha uma preocupação. O Imortal estava com 7 vitórias seguidas. Que ótimo. Mas um dia perde. E eu pensava: e se perder na decisão do segundo turno? Que bom então que perdeu hoje. Vai patrolar daqui até o fim.
.....

Claro que o convite que fiz para o Régis pé frio ver o jogo aqui foi uma temeridade. Desde o ano passado ele não vinha. Quando entrou na porta do apê, gol do Pelotas. Mas isto fica no terreno do folclore. Vou continuar chamando. Esta cisma um dia acaba.