31 de agosto de 2016

O crime do século

Mais certo do que 2 + 2 = 4.
Foi o Grêmio empatar que voltaram fortes as chorumelas, os ais, os uis e o mimimi.
Eu entendo a frustração e, claro, fiquei frustrado no final do jogo. Tão frustrado que cravei no título do post "Agora é Copa do Brasil ou nada".
Mas não posso esquecer de duas coisas:

  1. Eu previ como ótimo 7 pontos nos jogos contra Corínthians, Atlético e Palmeiras. É praticament impossível qualquer time do Brasil fazer os nove pontos nesta sequência de jogos. Não só ainda dá para chegar à meta como, se era para escolher um empate nos três jogos, a maioria escolheria contra o Atlético.
  2. Dois minutos antes do gol de empate no domingo eu tuitei o seguinte:

Diabo ser boca grande. Mas foi um crime. Duas bolas em gol e pá. Mas poderia ter sido pior se o atacante fizesse o da virada 2 minutos depois aproveitando a tonteira da defesa.
Durante o jogo, especialmente no final, eu me distraio escrevendo o post. E por isto só vi o gol do Atlético quando deu replay.
Segunda fui para a esteira e quando liguei a tv estava dando o vt do jogo. Já era 35 minutos do segundo tempo.
Aproveitei para olhar com atenção os minutos finais.
O jogo estava completamente sob controle. O Grêmio, mesmo com as modificações, não estava acadelado. Marcava alto e por pressão, como TODOS querem e cansam de pedir. O Atlético estava morto e entregue.
A jogada do gol iniciou com uma falta no Henrique Almeida, acho que dentro da área (portanto pênalti), e só por isto não marcada e continuou sobrando para o lateral deles. Então o que se viu foi um cruzamento de raro talento. Ele colocou a bola no único ponto em que ninguém conseguiria interceptá-la: bem no meio dos dois zagueiros fora do alcance destes e do Grohe. E para completar, quem estava na bola era o Robinho, que pode ser peladeiro mas é um peladeiro talentoso. Não desperdiça chances como aquela nunca. Dei nota 4 para o Grohe. Fui injusto. Ele nada podia fazer.
Resumindo: o empate foi mais do que tudo, resultado de um lance de azar. Sim, alguém dirá que a sorte ajuda aos bons. Concordo. O lateral do Atlético e Robinho são muito bons. E contaram com a sorte.
Todo o resto é frustração e, portanto motivo para choro e ranger de dentes.
O que faltou para ganhar? Um pouco mais de eficiência na última bola. E enfrentar um time pior. Embora dominado, o Atlético nunca deu mole na defesa. Por conta disto não dá para contabilizar gols  feitos perdidos como ocorreu no jogo contra os petralhas no meio da semana.
Enfim, um resultado normal, que decepcionou mais pela forma que ocorreu: o time jogando muito melhor e levando o empate no finzinho.
Não tem sido fácil a vida de gremista. Quando parece que o time vai deslanchar empaca.
Mas também jogar a toalha é para os fracos.
Talvez alguns preferissem estar do outro lado. Aquele:
Fiquem à vontade.
_____

Em tempo: voltou a bobagem de todo ano, "Se não ganhar o campeonato não quero vaga para a Libertadores".
É ridículo repetir mas talvez seja necessário: um time só tem chance de ganhar um campeonato se participar.

30 de agosto de 2016

Grêmio não sabe fazer gols

Domingo foi o dia derradeiro. Foi o prazo que estipulei para manter esperanças de título no Campeonato Brasileiro. Mas, aos 41 minutos da segunda etapa, veio a punhalada fatal. Robinho entrou com bola e tudo dentro da goleira de Grohe.
Fiquei perplexa...
De novo, não...

Então, acabou-se a esperança e joguei a toalha.
Agora não me interessa mais saber de quem é a culpa. Prefiro colocar na conta do coletivo e do treinador. Com essa equipe não conquistaremos o título porque o Grêmio é uma equipe organizada mas que não sabe fazer gol. Os jogadores NÃO SABEM e NÃO CONSEGUEM entrar na área adversária. Perdi a conta das bolas chutadas de fora da área. De todos os traques, pela minha lembrança, apenas o chute do Walace acertou o alvo e exigiu uma grande defesa do goleiro do Atlético MG.

Durante os noventa minutos, foram 25 finalizações contra duas ou três dos mineiros. Eu escrevi VINTE E CINCO FINALIZAÇÕES da equipe gremista contra o gol de Uilson. Saldo positivo de um gol apenas. Aproveitamento medíocre. Foi um massacre campal. No primeiro tempo, Grohe não apareceu nenhuma vez na tela da tv. O jogo desenrolou-se no campo adversário.
Mas gol que é bom, neca de pitibiribas. Ficamos na seca.

Uma equipe que nas últimas cinco partidas empata três, perde uma e vence outra, não tem nada para fazer na ponta da tabela. Nem merece estar lá. Não somos páreo para o time do Palmeiras que dispara na frente. Mesmo com um jogo atrasado, não acredito em avanço capaz de ameaçar os líderes.
O que eu quero dizer, é que a partir do último domingo só me resta torcer para o Grêmio ficar entre os quatro primeiros e consiga a tal "vaga" para a Libertadores. Esse será o meu campeonato.

Quanto à Copa do Brasil, também não guardo expectativa favorável. Sem fazer gols , não tem como sonhar com coisa alguma. Se o contrário acontecer , será uma grande surpresa para mim.

     Tabela Brasileirão

  1. Palmeiras                  43
  2. Flamengo                  40
  3. Atlético MG               39
  4. Corinthians                37
  5. Santos                       36
  6. Grêmio                      36
  7. Ponte Preta                34
  8. Atlético PR                 33
  9. Fluminense                 31
  10. Chapecoense             30

29 de agosto de 2016

Avalanche Tricolor: com algum atraso, mas em condições de se recuperar

Por Milton Jung

Grêmio 1×1 Atlético-MG
Brasileiro – Arena Grêmio


29297134325_dab6bf391d_z
Miller, Luan e Walace comemoram gol, em foto de LUCAS UEBEL/GrêmioFBPA

Havia tempo que não ouvia uma partida inteira pelo rádio. Os compromissos dominicais, porém, me tiraram da frente da televisão e o APP da CBN_BH salvou-me aqui em São Paulo. Claro que dizer que ouvi pelo rádio é apenas força do hábito, pois, a bem da verdade, ouvi pelo celular. O problema, nesse caso, é que as “ondas” digitais, captadas pelo meu aparelho – e pelo seu, também -, têm tempo de resposta um pouco menor do que as ondas de rádio. Ou seja, fico sabendo dos acontecimento segundos depois. E isso pode fazer uma baita diferença.

O gol do Grêmio, para ser justo com você, eu sabia que sairia muito antes dele acontecer. A forma como construímos o jogo, mantivemos a bola no pé, demos velocidade nas jogadas e pressionamos o adversário abria o caminho para o gol que sairia a qualquer momento. Até demorou demais, pois no primeiro tempo já tínhamos somado chances consideráveis de ataque. Foi o promissor goleiro do adversário quem impediu nosso sucesso.

Assim que o time voltou para o segundo tempo, via-se que o ritmo do primeiro seria mantido, ao menos até abrir o placar aos sete minutos, após a bola chutada por Luan desviar na defesa e encobrir o goleiro. Ouvi críticos dizendo que se não fosse o desvio a bola não entraria. Prefiro dizer que a bola entrou porque o Grêmio insistiu em jogar para frente e chutar sempre que surgisse espaço. Em uma delas, quem mais atacou foi premiado.

Por curiosidade, a mensagem eletrônica confirmando o gol de Luan e enviada por outro APP no meu celular, o do GremistaZH, caiu na minha tela antes de o locutor do rádio gritar. São aqueles segundos de atraso na transmissão de áudio por via digital que expliquei lá no primeiro parágrafo. O atraso também ocorre na comparação com o envio na transmissão de texto. Coisas da tecnologia.

Por isso, foi no alerta enviado por texto, também, que fiquei sabendo do empate cedido aos 41 minutos do segundo tempo, curiosamente no segundo chute desferido pelo adversário em toda a partida. Foi o tempo de pensar em voz alta “eu não acredito” e o grito de gol do locutor de rádio soou alto nos meus ouvidos confirmando a crueldade e a injustiça por tudo que havíamos feito até então.

O que nem o alerta de texto nem mesmo o locutor do rádio tinham me contado – e só fui descobrir ao assistir aos lances na internet – é que assim como as informações por meio digital atrasam alguns segundos para serem recebidas, nossa marcação também havia atrasado. Deixou livre o lado esquerdo para a descida do atacante adversário, deu espaço suficiente para o cruzamento e ficou assistindo à entrada do artilheiro sozinho no meio da área. O gol não foi uma injustiça, foi uma condenação.

Os dois pontos a menos na tabela atrasam nossa recuperação no campeonato e nos deixam mais uma rodada fora do G4. Tem-se de levar em consideração, porém, que temos uma partida a menos do que os adversários diretos, portanto ainda estamos na batalha. Mas não dá mais para marcar passo.

28 de agosto de 2016

Agora é Copa do Brasil ou nada

Grêmio 1 x 1 Atlético MG


Alcindo morreu. Ou passou para o melhor lado? Que os jogadores hoje façam a homenagem que ele merece.

Primeiro tempo: 0 x 0



Aos 55 segundos Luan bateu no canto mas faltou força. O goleiro pegou.
Miller bateu aos 2:30 apos um belo passe de Wallace Reis, mas o goleiro pegou.
O Grêmio começou com uma blitz forte contra os mineiros.
Aos 10 minutos um salseiro na área dos caloteiros (paguem o Vitor) mas eles se salvaram.
Jailson cruzou mas Douglas bateu mal para a linha de fundo aos 13 minutos.
O tricolor mandava no jogo.
Maicon deu uma bomba de fora da área por cima do gol aos 15 minutos.
Miller de um passe excelente para Walace que chutou em cima do goleiro. Na sequencia o time vigarista saiu mal mas Miller bateu para fora. Eram 18 minutos.
Douglas bateu de primeira para fora aos 19 minutos. Mas foi para fora.
Metade do primeiro tempo e só dava o Imortal em campo, mas faltava mais objetividade na frente.
Aos 25 minutos uma dividida na intermediária entre Maicon e um jogador dos vigaristas e a bola passou raspando a trave.
Aos 28 minutos tentaram assassinar Miller mas o juizao deixou o jogo correr.
Aos 30 minutos foi a vez de Douglas quase ser assassinado. Pelo menos desta vez o sergipano deu amarelo. Luan deu um balão para fora na cobrança.
Miller bateu falta da entrada da área mas a bola deu na barreira e foi para escanteio. Na cobrança o juiz inventou uma falta de ataque. Eram 36 minutos.
Luan chutou por cima aos 43 minutos apos boa trama pela esquerda.
Aos 44 minutos quase o castigo. Primeira jogada de ataque dos caloteiros obrigou Grohe a sair do sono em que estava e defender.
Aos 46 minutos foi a vez de Marcelo Oliveira chutar alto por cima do gol.
E o primeiro tempo terminou com o juiz inventando uma falta de ataque do Luan.

.....

O time vigarista se limitou a defender no primeiro tempo e por conta disto não chutou uma mísera bola ao gol de Grohe.

Ao Grêmio faltou mais objetividade para transformar o grande domínio territorial em chances de gol.
Um primeiro tempo em que só um time jogou mas que não teve objetividade.



Segundo tempo: 1 x 1

Miller deu uma patada a 1:50 minutos mas o goleiro salvou para escanteio. O time voltou querendo.
Cinco minutos e o panorama era o mesmo do primeiro tempo. O tricolor em cima e os caloteiros enchiqueirados.
Então aconteceu o ditado da água mole em pedra dura. Luan recebeu na entrada da área e bateu. A bola desviou no zagueiro e encobriu o goleiro. 1 x 0 mais do que merecido. Eram 8 minutos.
Logo depois toque do zagueiro do time vigarista mas o juiz preferiu inventar um impedimento. Pênalti não marcado. Mais um.
O jogo ficou mais nervoso com o Grêmio ainda com a iniciativa mas os caloteiros tentando alguma coisa na frente.
Os arigós que não falaram um A pelo pênalti não marcado para o tricolor por conta de um impedimento inventado não paravam de repetir um impedimento mal marcado para os mineiros que, diga-se de passagem, não resultou em nada.
E o ladrão amarelou Miller por um choque na área em que ele caiu. Eram 22 minutos. E o tricolor perdia chances de matar o jogo.
Walace deu uma bomba de fora da área e o goleiro fez um milagre espalmando para escanteio aos 25 minutos.
Aos 26 minutos grande ataque e Luan bateu colocado buscando o ângulo, mas a bola foi para fora raspando a trave.
Aos 28 minutos um grande passe para Luan mas foi um pouquinho longo e o goleiro chegou um milímetro na frente.
Nova chance perdida aos 30 minutos por excesso de firula. Miller não chutou, cruzou para Walace que cruzou para o meio para a defesa cortar.
Miller aos 32 minutos e Douglas aos 36 minutos saíram muito aplaudidos. Merecidamente. Entraram Henrique Almeida e Ramiro respectivamente.
Aos 40 minutos pênalti para o Grêmio em Henrique Almeida não marcado. Na sequência o empate.
Primeiro chute dos vigaristas caloteiros.
Aos 44 minutos quase o crime dos crimes. O jogador do time vigarista errou um gol fácil.

.....


Dizer o que deste resultado? Várias chances perdidas, dois pênaltis não marcados e um gol no único chute a gol do adversário.
E o campeonato se escorre por conta de gols perdidos e erros dos ladrões de plantão.


Como jogaram:

Marcelo Grohe: Assistiu o jogo no primeiro tempo. Não saiu no gol de empate.
 Nota: 4
Edilson:
 Atuação segura e sem firulas. Nota: 7
Kannemann:
 Um primeiro tempo em que não deu nenhuma chance para os atacantes adversários
. E um segundo tempo excelente afora  jogada do gol. Nota: 5 
Wallace Reis:
 Se firma a cada dia como um acerto da direção
. Mas... Nota: 5
Marcelo Oliveira: Um primeiro tempo em que nem parecia que era quem é
. E também bem no segundo, considerando que é quem é. Nota: 5
Walace: No primeiro tempo apareceu mais no ataque do que atrás
. Muito boa partida. Nota: 7
Maicon: Voltou bem.
 Nota: 6
Jailson: 
Já é uma realidade. Talvez agora deixem de chamá-lo de jogador de empresário. Nota: 7
Douglas: Outra grande atuação para calar os arigós que não entendem nada de futebol e ficam corneteando. Nota: 8
Luan:
 É um grande jogador. Fez um gol de categoria e com a sorte que acompanha os bons. Nota: 8
Miller:
 Está começando a render o que se espera dele
 Nota: 7

.....

Henrique Almeida (Miller): Pouco tempo. Sem nota.
Ramiro (Douglas): Pouco tempo. Sem nota.
Gilherme (Jailson): Entrou no finzinho. Sem nota.

Roger
: Mexeu no time e deu lambança
. Nota: 5
_____

Juiz: 
Cláudio Francisco Silva, Ailton Farias da Silva e Daniel Vidal Pimentel (Sergipe) - Ia relativamente bem até inventar um impedimento para não dar um pênalti a favor do Grêmio. E depois não deu mais um 30 segundos antes do gol dos caloteiros.
Mais um ladrão.

Alcindo, o Bugre Chucro



Ficha

Nome: Alcindo Martha de Freitas
Nascimento: 31/03/1945, Sapucaia do Sul (RS)
Período no clube: 1964 a 1971 e 1977 e 1978
Posição: Centroavante (com "C" maiúsculo, marcou 264 gols vestindo a tricolor)
Data da Homenagem: 21/09/1996
_____

Lev Yashin, o lendário e quase imbatível goleiro russo, conhecido como Aranha Negra pela altura e tamanho de seus braços, levantou-se atordoado e sacudiu a poeira. Que diabos estava acontecendo? A seleção da União Soviética, que naquele tempo juntava todos os países comunistas da Cortina de Ferro, vinha de várias e consistentes vitórias. Ele estava invicto há muitos jogos. Naquele dia era a segunda vez que buscava a bola nos fundos da rede, mandada que fora para lá, sem perdão, sem pena, sem a menor benevolência por Alcindo. Alcindo Martha de Freitas, o Bugre Chucro! Ele sabia que, assim como era lendário, estava diante de outra lenda.
___

Carlos Gainete jamais chegou perto de ser uma lenda. Sofreu o Gainete. GRE-nal após GRE-nal trocava cusparadas e tabefes longe do juiz e das tvs, que naquela época bisbilhotavam muito menos que hoje com Alcindo. Alcindo Martha de Freitas, o Bugre Chucro! E, invariavelmente, tinha que limpar a poeira e buscar a bola no fundo das redes, mandada que era para lá, sem perdão, sem pena, sem o menor sinal de remorso, por Alcindo.
___

Multicampeão pelo Grêmio, segundo maior goleador gremista na história dos GRE-nais (12 gols) atrás apenas de Luiz Carvalho, é o maior goleador da história do Imortal com 264 gols.
___

Um dia perguntaram para Pelé quem ele queria como companheiro no Santos. E, a pedido do Rei lá se foi Alcindo para fazer sucesso e história no Santos, depois no México. Anos depois, precisando retomar a hegemonia do Gauchão, foi trazido de volta para Porto Alegre. E o Imortal teve ao mesmo tempo Alcindo e André Catimba como centroavantes. Nunca um time teve ao mesmo tempo dois centroavantes desta qualidade. Os dois merecidamente estão na Calçada da Fama.
___

Uma das formações das quais Alcindo participou, o Grêmio de 1968.


___

Para se ter idéia da dimensão do Bugre, é preciso saber que Alcindo foi um dos expoentes daquele que muitos consideram o maior time do Grêmio de todos os tempos: Alberto (Arlindo), Altemir, Airton, Áureo e Ortunho; Cléo e Sérgio Lopes; Babá, Joãozinho, Alcindo e Volmir (Vieira). Um time espetacular que era invariavelmente garfado nas copas do Brasil (principal e único campeonato de expressão nacional da época). Fosse hoje, faria história mundial.
___

Muito obrigado, Alcindo Martha de Freitas.

27 de agosto de 2016

Uma linda vitória

Isso sim, é exemplo de coragem,
De confiança,
De elevada auto estima.
Uma criança, quase bebê, que se deparou com uma grave enfermidade quando ainda nem tinha tirado as fraldas.
Com o apoio da sua família, a Piratinha  agigantou-se e conseguiu nocautear o seu mais terrível adversário.
Jamais apequenou-se
Jamais acadelou-se
Nunca perdeu a esperança e o vigor
Sempre demonstrou certeza da vitória
Foi dessa maneira que venceu seu oponente
...e de goleada.
Exemplo de vida para muitos que sucumbem ao primeiro obstáculo,
Gabrieli é nosso orgulho.
Uma gremista que faz história
Parabéns, pequena linda criança.
Aprendemos a te amar.
Tu és tão pequena, mas és tão gigante!
Temos muito orgulho de ti.
Um grande beijo

Bom jogo a todos...




25 de agosto de 2016

Simbora torcedores. E corneteiros também.




Avalanche Tricolor: começamos muito bem a Copa do Brasil

Por Milton Jung

Atlético PR 0x1 Grêmio
Copa do Brasil – Arena da Baixada/Curitiba


0_20160824_AGB_-25_l
Grêmio comemora gol da vitória em foto do site Grêmio.net


Começamos bem. O jogo e a Copa do Brasil.
 A Copa começamos bem porque marcamos gol fora de casa, o que sempre faz diferença, e vencendo, o que faz uma baita diferença.
 O jogo começamos bem porque o time se movimentou com uma desenvoltura incrível, no primeiro tempo.
 Molharam o piso para atrapalhar o domínio de bola, mas sequer essa estratégia foi suficiente para nos fazer parar. Nossos jogadores deslizavam pelo gramado artificial com uma facilidade de impressionar.

Supostamente havia três volantes na equipe: Wallace, Jaílson e Ramiro. E provavelmente houve quem torcesse o nariz imaginando que jogaríamos fechado atrás.

Assim que pegávamos a bola, e a mantivemos sob domínio quase todo o primeiro tempo, os homens de trás disparavam pelos lados, e os da frente encostavam para tabelar O time dos três volantes ganhava ao menos quatro atacantes. Coisas típicas do Roger, este técnico que nos ensinou a jogar diferente.

Ninguém guardava posição do meio para a frente. Ninguém ficava fixo a espera da bola. Todos se deslocavam de uma lado para o outro, deixando a defesa adversária atordoada. E foi dessa maneira que chegamos ao gol.

Walace conduziu a bola pela intermediária, Douglas apareceu centralizado para receber e com um passe daqueles que só se dá na pelada do fim de semana colocou Miller na cara do gol. Era só matar. E ele matou. E eram apenas seis minutos de partida.

Só percebemos que havia adversário no segundo tempo quando até tivemos boas chances de ampliar o placar, mas perdemos o domínio da bola e nos deixamos pressionar. Foi então que entraram em cena o protagonismo de Marcelo Grohe e Geromel, tendo Kannemann como coadjuvante em sua estreia.

Começamos muito bem a Copa do Brasil!

24 de agosto de 2016

Daniel Matador - Vitória na busca pelo penta

Atlético-PR 0 x 1 Grêmio

Grohe, de grande atuação no segundo tempo, agradeceu pela vitória.

Caros

O mais tradicional campeão da Copa do Brasil estreou nesta quarta-feira de agosto na competição cuja taça já foi carimbada quatro vezes com seu nome. Cláudio Duarte, lá pelos idos de 1989, quando olhou o regulamento do recém criado torneio, sentenciou para a diretoria do Grêmio: "Com dez empates estaremos na Libertadores".  E o tricolor iniciava ali a história que culminou com incríveis sete finais e quatro taças da competição nacional. Desta vez, sequer dez empates são necessários, pois já iniciamos na fase de oitavas-de-final contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada. Com oito empates dá pra ser campeão. Por mais que muitos tenham ojeriza a este fato.

Como Wallace Reis já entrou em campo por este torneio com a camisa do Flamengo, fica impedido de atuar pelo Grêmio nesta competição. Em seu lugar estreou o contratado zagueiro argentino Kannemann. Com a lesão do capitão Maicon, Jaílson formou a dupla de volantes com Walace, que retornou da seleção campeã olímpica juntamente com Luan, um dos destaques da Olimpíada. E o próprio Atlético-PR teve o retorno do goleiro Weverton, um dos heróis da inédita conquista.

1º Tempo: Atlético 0 x 1 Grêmio

Roger iniciou o jogo com Ramiro de titular e Everton no banco. O gramado sintético da Arena da Baixada foi molhado antes do jogo para que a bola rolasse ainda mais rapidamente. Mas, se essa estratégia era para favorecer o Atlético, o tiro saiu pela culatra. Aos 6 minutos, Douglas recebeu passe de Walace e, de costas, deu uma assistência magistral DE CALCANHAR para Miller, que chutou cruzado na saída de Weverton para abrir o placar.

video


O time gremista cadenciava o jogo nos primeiros minutos e nem parecia que era o visitante. Aos 16 Luan conduziu a bola e chutou de longe, para defesa de Weverton. Aos 23. após intensa troca de passes na entrada da área, Edilson também arriscou um sapataço, defendido pelo arqueiro rubro-negro. O jogo era de muita movimentação, mas com poucas chances reais de gol para ambos os lados. Aos 36, Douglas fez uma jogadaça e abriu para Luan, que limpou na quina esquerda da grande área e chutou, mas a bola subiu muito. Aos 40, Ramiro recebeu, invadiu a área e chutou cruzado de canhota; a bola passou muito perto. E nada de muito mais importante ocorreu neste primeiro tempo de vitória parcial da equipe gremista.





2º Tempo: Atlético 0 x 0 Grêmio

O CAP já começou o segundo tempo fazendo duas alterações. E não eram nem 3 minutos quando Douglas deu mais um passe açucarado para Miller, que desta vez desperdiçou. Quase dois minutos depois, a primeira jogada realmente perigosa do Furacão, após uma cobrança de falta cuja continuidade foi um bago pra fora. O Atlético tinha as melhores investidas nesse retorno do vestiário e, aos 10 minutos, André Lima cabeceou após uma cobrança de falta e a bola passou lambendo o travessão.

O jogo inverteu totalmente em relação ao primeiro tempo e o Atlético dominava as ações. Aos 25, a primeira chegada mais incisiva do Grêmio, que gerou um escanteio. Um minuto depois, Walace lançou Luan, que chutou para grande defesa de Weverton. Aos 31, foi a vez de Grohe fazer um milagre em cabeçada de André Lima. O tricolor conseguia puxar alguns contra-ataques, mas não finalizava com qualidade. Aos 37, Miller saiu para a entrada de Everton. Aos 43, Luan recebeu de Walace e desperdiçou mais uma chance, chutando para fora. Aos 45, Everton engatou uma quinta marcha e, cara a cara com o goleiro, tentou encobri-lo, perdendo mais um gol. Um minuto depois, Kaio entrou no lugar de Luan. E não teve tempo para mais nada. O jogo acabou e o Grêmio ganhou.




Como jogaram:

Grohe: o convocado goleiro da seleção nem sujou o fardamento no primeiro tempo. No segundo, grandes intervenções e defesas. Nota 7
Edílson: a lateral esquerda é outra com ele. Nota 6
Geromel: a técnica e elegância de sempre. Ganhou quase todos os lances com autoridade. Nota 7
Kannemann: estreou bem ao lado de Geromel. Firme e sem firulas, além de estar bem posicionado na grande parte da jogadas. Nota 6
Marcelo Oliveira: foi o capitão do time por conta da ausência de Maicon. Teve alguma dificuldade em conter os avanços paranaenses no segundo tempo. Nota 4
Walace: com exceção de um ou outro passe errado, foi muito bem. Nota 7
Jaílson: parece um veterano que joga há anos no time titular. Nota 6
Ramiro: fez o feijão com arroz e não comprometeu. Nota 5
Douglas: deu uma assistência primorosa para o gol de Miller. Coisa de quem sabe. E não foi a única. Abusou dos passes com estilo. Nota 7
Luan: intensa movimentação e criação de chances, mas perdeu vários gols. Nota 7
Miller Bolaños: fez um gol de centroavante. Recebeu e chutou, como tem que ser. Perdeu uma chance clara. Mas o saldo foi positivo. Nota 7

Everton: entrou no lugar de Miller quando faltavam cerca de 10 minutos para o final da partida. Ainda assim, teve uma excelente chance desperdiçada. Sem nota
Kaio: entrou no final para matar tempo. Sem nota

Roger: surpreendeu ao optar por Ramiro para começar a partida. Mas conseguiu dominar o jogo durante todo o primeiro tempo. Teve alguma dificuldade no segundo, mas o resultado favoreceu. Nota 7

Arbitragem: para avacalhar, óbvio que a CBF tinha que botar um apitador que sempre sacaneia o time e estraga o jogo. Ricardo Marques Ribeiro (MG), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP), foi o escolhido para a missão. Não conseguiram estragar o jogo no primeiro tempo, mas no segundo tentaram de tudo. Principalmente o bandeirinha.

Foi um excelente resultado para as pretensões gremistas. O tricolor tem agora  totais condições de confirmar a classificação no jogo de volta na Arena. E aí faltarão apenas 6 jogos. Apenas 6.

Saudações Imortais

23 de agosto de 2016

O ataque dos arigós

É infalível!
Basta o Grêmio perder uma partida ou mesmo ganhar jogando mal, aliás, às vezes até o empate é suficiente, e eles vem em massa tal qual ataque de gafanhotos.
Entopem os comentários de chorumelas.

"Ai, mas o Maicon não farda no Aimoré".

"Ui, mas o Douglas não corre."

"Ai ai mas o Nuliveira não joga nada".

"Afff, mas o Ramiro é pereba".

"Ui ui mas o Grohe é frangueiro".

Deu? Magina miga.

Dez minutos depois eles voltam. Quase na mesma ordem e lá estão os comentários.

"Ai, mas o Maicon não farda no Aimoré".

"Ui, mas o Douglas não corre."

"Ai ai mas o Nuliveira não joga nada".

"Afff, mas o Ramiro é pereba".

"Ui ui mas o Grohe é frangueiro".

Deu? Magina miga.

Dez minutos depois eles voltam. Quase na mesma ordem e lá estão os comentários.

"Ai, mas o Maicon não farda no Aimoré".

"Ui, mas o Douglas não corre."

"Ai ai mas o Nuliveira não joga nada".

"Afff, mas o Ramiro é pereba".

"Ui ui mas o Grohe é frangueiro".

Nada contra. O blog existe para informar e para repositório de lamúrias se for o caso.

Mas tudo tem limite. Se o cara acha A, B ou C ruim, tem todo o direito de achar e nós liberamos a opinião. Mas não precisa voltar aqui há cada 10 minutos para repetir.

O outro quer criticar o Ramiro e põe um link de 2014.

Aí os blogueiros enchem o saco e não liberam o comentário feito pela enésima vez e eles voltam. Voltam, porque são mais grudentos que carrapatos.

"Ai, mas me censuraram".

"Ui, mas não tem democracia neste blog".

Tudo tem limite e este mi-mi-mi repetitivo já cansou. Um pouco de bom senso seria bom para todos e ótimo para o fígado.

22 de agosto de 2016

Copa do Brasil, Tite e Cocô-irmão

Copa do Brasil

Quarta-feira começa a Copa do Brasil para o tricolor.
Vou avisando que não tenho expectativas boas. E por três razões:

  1. O Grêmio desaprendeu a jogar mata-mata. Desde 2008 perde miseravelmente para adversários piores do que ele por falta de atitude.
  2. O próprio presidente Romildo já admitiu que não sabemos mais jogar este tipo de competição, e, principalmente porque
  3. Independente de ser mata-mata ou não o time tem se acadelado jogando fora de casa.
Assim, junte estas razões ao sangue doce dos nossos bravos guerreiros sabendo que podem ir de boa para a luta ao fato do jogo ser em um campo de plástico ridiculamente sancionado pela FIFA e sabemos o que vai acontecer.
A derrota virá sem a marcação de gol pelo nosso time e o resultado não poderá ser revertido na Arena. Este é o meu prognóstico. E, sim, eu adoraria estar errado mas tenho 99 % de acertar.

E então, depois de postar eu li isto:
e isto:
Com a palavra a direção do Grêmio. Ou não?

_____

Tite

Eu particularmente não gostaria nunca de ver jogador do Grêmio na seleção. Aliás, seco a seleção sempre. Não sequei apenas sábado porque achei que nossos dois guris mereciam a medalha por terem chegado até lá e pelo que jogaram.
Por outro lado sei que para os jogadores e, de certa forma para o clube, é importante eles serem convocados. Aumenta a auto-estima e os valoriza.
Geromel está jogando muito para ser esquecido. E Luan e Walace fizeram muito mais do que os dois gabriéis chorões e outros queridinhos do centro para serem deixados de fora da seleção se aqueles foram convocados.
Aliás, os dois gabriéis provaram ser mais produtos da mídia do que efetivamente bons jogadores. Além de não passarem de jogadores médios tremeram na hora que precisavam ser homens. Mas estão lá.
Tudo isto leva a uma necessária conclusão. Tite, que sempre quis vender o papel de ser um sujeito íntegro e imune a pressões é mais um que está lá para atender interesses. De quem e a que preço não sei. Mas que está lá para satisfazer vontades está.

_____

Jesus chama

Olhem o vídeo abaixo a partir do minuto 25:40. 
Mas não riam porque não é civilizado e nem humano.
Apenas olhem.

21 de agosto de 2016

Mais uma derrota por culpa própria

Flamengo 2 x 1 Grêmio

Primeiro tempo: 1 x 0



Douglas tabelou com Miller e concluiu de dentro da área. Mas a bola bateu na zaga e foi para lateral. Eram 2:30 minutos de jogo.
O jogo começou com os dois times mostrando muita cautela.
Aos 10 minutos o time carioca aproveitou um rombo que o Marcelo Oliveira deixou na esquerda e mandou no travessão.
Aos 12 minutos quase gol dos mulambentos, mas a bola foi na rede pelo lado de fora. Nesta altura do jogo, o tricolor estava enchiqueirado.
Aos 18 minutos outra jogada perigosa para a defesa do Grêmio mas a cabeçada foi para fora.
Depois de 17 minutos o Imortal conseguiu atacar de novo. Everton deu uma bomba de fora da área mas a bola foi por cima. Um minuto depois Wallace Oliveira chutou forte mas para fora.
Aos 24 minutos outro salseiro na área tricolor mas Grohe fez um milagre e salvou o gol. E na cobrança do escanteio mais um gol perdido pelos cariocas. A bola foi para fora.
Dois minutos depois Grohe fez outra grande defesa para escanteio. Na cobrança, a bola bateu na mão de Geromel e o juiz marcou pênalti. Que foi convertido. 0 x 1.
O resultado era merecido porque o Grêmio não jogava.
E continuou não jogando mesmo perdendo o jogo.
A defesa fez uma lambança e o atacante entrou livre aos 43 minutos. Grohe fez um milagre e Geromel espantou para escanteio.
E terminou o primeiro tempo.

.....

Um primeiro tempo para ser lembrado sempre. Talvez com isto não repitam nunca mais.

Uma atuação próxima ao ridículo, ou mesmo além.


Segundo tempo: 1 x 1


Lincoln voltou no lugar de Wallace Oliveira.
Aos 2 minutos bola no braço do zagueiro mulambento. Pênalti? Claro que não. Afinal não foi na área do Grêmio.
Aí saiu este twitter:




O que eu acho? Bem feito para quem ainda dá audiência para estes torcedores disfarçados de jornalistas.
O time que tinha começado bem resolveu parar de jogar pelos 5 minutos.
Aos 13 minutos Miller deu uma de autêntico babaca. Recebeu uma bola espetacular de Douglas mas deixou Pará tirar dele como se tira um doce de uma criança. Na cobrança de escanteio, confusão na área e Geromel deu uma bomba que o goleiro salvou para escanteio.
Henrique Almeida entrou no lugar de Miller aos 20 minutos.
E quando parecia que daria para empatar, Everton resvalou, deu contra-ataque e Ramiro deixou outro nanico cabecear. 2 x 0 aos 26 minutos. Levar gol de cabeça de anão? Sim, o Grêmio toma.
Quando eu já me preparava para largar os tacos um ataque muito bizarro com várias furadas acabou em furada do Henrique Almeida seguida de outra furada da zaga e do goleiro e o tricolor descontou. 2 x 1.
Maicon fez besteira perto da área e entregou uma bola gratuita. Quase o terceiro dos cariocas.
Aos 40 minutos falta em Henrique Almeida perto da área. Douglas, surpreendentemente deixou Lincoln bater. Mas a bola foi também na barreira.
E foi isto.
.....

Um jogo ganhável, mas que começou com uma escalação equivocada e postura ainda pior. Um primeiro tempo que comprometeu o jogo todo.
Nem a atuação parcial do juiz justifica a derrota que ocorreu com um primeiro tempo lamentável e um segundo tempo apenas razoável, mas insuficiente.
Os erros individuais completaram o cenário.


Como jogaram:

Marcelo Grohe: Salvou o time de levar mais no primeiro tempo. Nenhuma culpa nos gols.
 Nota: 8
Wallace Oliveira:
 Mais uma atuação ruim. Parece que Roger finalmente desistiu dele. Nota: 3
Geromel:
 Sofreu com a pressão do adversário
. Estava no ataque quando sofremos o segundo gol. Nota: 5
Wallace Reis:
 Perdeu várias bolas aéreas
. Nota: 5
Marcelo Oliveira: Deve ser o terceiro mistério de Fátima. Só ela talvez para explicar porque ainda é titular. Nota: 3
Ramiro: Foi melhor na lateral do que na meia
. Nota: 5
Maicon: Pouco apareceu
. Nota: 5
Pedro Rocha: É bipolar. Ou é o melhor ou o pior do time
. Hoje foi um dos piores. Nota: 3
Douglas: Fez alguns grandes lançamentos desperdiçados pelos atacantes
. Nota: 6
Everton: Jogou mais longe da área e por isto foi prejudicado
. Nota: 5
Miller:
 Errou um gol que o Braian Rodriguez não erraria
. Nota: 3

.....

Lincoln (Wallace Oliveira): Entrou numa roubada mas não se intimidou
 . Nota: 5
Henrique Almeida (Miller): Sempre que entra preocupa o adversário. Fez um gol de centro-avante. Nota: 7
Guilherme (Everton): Entrou mas ninguém viu. Nota: 1

Roger
: Escalou errado e só corrigiu no intervalo
. Nota: 2
_____

Juiz: Raphael Claus (SP), Rogério Pablos Zanardo e Danilo Ricardo Simon Manis (SP). - Corajoso só na área do Grêmio, quando não titubeia em marcar pênalti. Já na outra área mostrou ou que é torcedor fanático ou que estava pronto para ajudar. Os motivos? Pergunta para ele ou no Posto Ipiranga. Mais um ladrão no caminho do tricolor

19 de agosto de 2016

Luan já é universal

O mundo conhece o talento de Luan. Foto: Lucas Uebel

No mundo das fofocas e mexericos, o Luan já foi vendido mais vezes do que a seleção feminina de futebol quase esteve com a mão em uma medalha de ouro.
Ontem novamente circulou nas redes sociais a informação de que um clube inglês teria oferecido 39 milhões de libras (150 milhões de reais) pelo jogador. Segundo o futrico, a proposta já estaria on the table do presidente Romildo Bolzan.
Lamento informar, mais um tiro n'água. Não será desta vez que pegaremos a bolada.
A direção do Grêmio não recebeu a tal proposta milionária.
So sorry!!!!!!
Continuem sonhando com a montanha de dinheiro.
A cada jogo de Luan na seleção, a montanha  aumenta alguns centímetro$. Graças às Olimpíadas, bilhões que acompanham pela tv já sabem do seu talento e potencial. Principalmente as aves de rapina que são rápidas no bote. Mas a direção do Grêmio tem a dimensão exata do produto que tem em mãos. E há quem diga que o menino já está com a cabeça na Europa por influência de Neymar. Eu também estou com a cabeça na Europa. De preferência em Londres e Paris...
_____

Grêmio Rádio Umbro - 90.3 FM


Há muito tempo a nação tricolor almejava uma emissora de rádio do próprio clube que representasse o espírito do torcedor e espelhasse os fatos com fidelidade . Hoje a  Grêmio Rádio Umbro (http://www.gremio.net/radio/) já é uma realidade consolidada. Em dias de jogo, o sucesso é enorme entre a torcida . O ouvinte pode participar da jornada interagindo através do WhatsApp (51 8108-3903). Uma ótima idéia que saiu do papel também pelo apoio da patrocinadora Umbro que abraçou o projeto e é a grande parceira do clube. O sucesso também deve-se à dedicação e esforço da equipe que a comanda com muita competência:

Narração: Cristiano Oliveski
Reportagem: Luciano Rolla, Márcio Neves, Rodrigo Fatturi e Ígor Póvoa
Comentaristas: Carlos Miguel e Mazaropi
Plantão: Jéssica Maldonado
Técnica: Carlos Pereira e Victor Pereira


Na frequência 90.3 FM, o alcance das ondas abrange mais de 90 municípios do Rio Grande do Sul.
Muitos torcedores que moram fora desse limite têm perguntado se é possível outra emissora formar cadeia com a emissora gremista.
Sim, é possível. O interessado pode entrar em contato com o narrador Cristiano Oliveski  pelo seguinte email: (gremionoar@gremio.net).


16 de agosto de 2016

Corneteando os corneteiros II

Os melhores comentários da semana.

humbertosm
Não acredito que vamos ganhar do Corinthians, time está no pior momento, desfalcado do Luan e com esquema novo, dificilmente ganha, mas futebol é futebol.

O Kannemann nunca poderia imaginar que um dia viraria babá de um barbudo.

Wilson 
Falando em mulheres, a Marta caberia como uma luva no lugar do Doga.
Sem compromisso com a marcaçao, tendo a funçao de dar sequência às jogadas e de dar assistencias aos atacantes, ela seria mais útil que o pifador, no mínimo erraria menos passes.

Heraldo 
Acrescente a isso tudo o convite do fã clube 35 de canoas para que eu faça um manha de autógrafos na rampa.
P.s.terá sessão de fotos para quem quiser garantir a aposentaria.
Um beijo miguxada.

Bucha
Vai lotar ?? haja farofa!!!!

Vinícius
Luan salvando a selenike

Wilson
Essa escalação que Roger está treinando é a pior que ja ví, parece que está estagiando para Celso Roth.

halfed
Eu gosto de ti sabe, seuAlgoz?

Gilberto Rezende
Negueba não joga e nem assim os arigós lembram que ele está substituindo o Giuliano!!!
E toca a dizer que Everton, Guilherme ou Ramiro são os substitutos !!!
QUERO VER QUEM O TREINEIRO VAI COLOCAR NO LUGAR...

Ancião Imortal
Pelos que leio por aqui e por aí, pelos desfalques, pelo otimismo da ivi, vamos levar uma goleada dos gambás.  E o co-coirmão vai estraçalhar lá na Terra do Frango.

Jeferson 
Não vai ganhar. Há anos vemos isso. Mas tudo bem. Ao invés de ver o jogo, vou num protesto contra o golpe em curso no Brasil.

Doutor Tricolor
Éverton Cebolinha passou aqui pra dizer: um, dois, tlês, Colinthians é fleguês.

Ruigremista
Favor recuperar os comentários depois do empate no primeiro turno.
O que faz esse treinador nas folgas?
Com esse elenco é fácil socar esse time todo retalhado do Corinthians.

Paul Kersey
Ótimo. Feliz principalmente por Pedro Rocha, Everton e Bolaños; jogadores que são criticados e cobrados com gosto pelos jornaleiros locais.

Mauro
Que DOMINGO , SHOW na ARENA!
Gremistas de alma lavada,golear esse curintias é tudo de bom,ainda mais eles jogando cm 12.
Aproveitando para fazer saldo de gols....

Cruyff
Baita vitoria!
O Grêmio é o Robin Hood desse campeonato, tira dos ricos para dar para os pobres!
Pedro Rocha jogou muito bem depois das suas péssimas atuacoes! Eu gosto do futebol dele... Mas o guri tem dois problemas... Erra muitos gols e é fome... O jogo hoje podia ser 4 a 0... Se em um lance ele tivesse tocado para o Bolaños que estava livre e com o gol vazio, ao invés disso ele preferiu driblar o Cássio... vou perdoar ele pq o jogo já estava 3 a 0...

Ancião Imortal
Hoje foi um espetáculo raro. Recorde histórico de público, Grêmio goleando com três gols de três atacantes, e atá agora só 36 comentários?!! Cadê o heraldo?

Alexandre
Desde que a arena foi inaugurada, talvez eu tenha ido em 85 por cento dos jogos e ontem foi a primeira vez que senti o clima do velho casarão.

heraldo
É que 85% dos viventes não eram de porto alegre

Josué Antonio
Vim aqui deixar um poema:

Esse é um ano especial
Você não pode perder
SWAT Série B
SWAT Série B

-----------------------
Toda soberba tem seu fim.

Gerson Fontoura
Até aqui campanha de CAMPEÃO!!

heraldo
Como sabem fui pela primeira vez na ARENA e tive o privilégio de,com os olhos encharcados de lágrimas peito estufado de emoção,repetir em alto e bom som minha frase predileta...vim,vi e venci.