30 de setembro de 2012

Agora é garantir o G3

Grêmio 1 x Santos

Primeiro tempo: 1 X 0 

Aos 12 minutos Pará fez grande jogada e quase saiu o primeiro gol. O jogo então era pegado e foi assim todo primeiro tempo. O Grêmio está com um time com a cara do Grêmio. Aquela cara histórica que o mundo aprendeu a reconhecer e admirar. Mais do que admirar, invejar. Pegada, raça, categoria quando dá, grossura quando precisa.

Jogo duríssimo, como esperado. O Santos não criava nada na frente mas cuidava de não deixar o Grêmio fazer nada. Algumas chances surgiram. Nenhuma clara, daquelas que se lamenta pelo resto a vida. Aí houve uma falta do lado da área. E Zé Roberto bateu. E Werley, este zagueiro trocado pelo Victor com 4 milhões de volta para o Imortal fez mais um. Cabeçada de chiripa no canto. Foi o gol merecido para a vitória parcial do primeiro tempo.
Grande jogo. Se não tecnicamente, mas pela raça e pela determinação do Grêmio e do Santos.
_____

Segundo tempo: 0 x 1

O segundo tempo começou igual. Aos 7 minutos Neymar levou o amarelo por reclamação. Aos 8 levou o vermelho por falta violenta no Pará. Merecido? Sim. Mas aposto que só expulsou para favorecer o timinho no jogo da próxima semana.

O jogo continuava igual. Nenhum problema atrás e tentativas infrutíferas do Grêmio na frente.
Mas aos 12 minutos uma bobeira no escanteio e o gol do empate do Santos. 
O Grêmio entrou em uma espécie de letargia e demorou a se recompor.
Mas aos 18 minutos Kleber meio empurrado perdeu um gol em bela cruzada de Pico.
Aos 20 minutos entrou Leandro. O time insistia mas não conseguia criar jogadas perigosas.
Aos 28 minutos Leandro perdeu boa chance.
O time lutava mas mostrava nervosismo e falta de criatividade. E o juiz nesta altura, com os bandeiras, já estava roubando descaradamente. Impedimentos e faltas eram inventados ou não marcados com a maior naturalidade.
Aos 38 minutos gol do André Lima. Anulado porque o juiz viu toque. Quatro câmeras não permitiram ver o toque. 
No último lance, uma patada no travessão do Grêmio.

Este empate praticamente deixa o Grêmio fora da luta pelo título. Um primeiro tempo primoroso e uma falha boba num escanteio quando tinha um jogador a mais decretaram o resultado.
Não é bom falar de sorte e de azar. Mas o jogo de hoje foi uma mistura de azar, cansaço pela maratona e mais um juiz que, após expulsar o Neymar tratou de acomodar as coisas. 

_____


Como jogaram

Marcelo Grohe: Nenhum trabalho no primeiro tempo. Sem culpa no gol.
Pará: Muito bem.

Werley: Zagueiro goleador. Joga muito.
Gilberto Silva: Véinho bom demais da peste.
Anderson Pico: Muito bem no primeiro tempo.

Fernando: Muito bem no combate a Neymar e a quem mais se apresentou pela frente. Saiu para entrar Leandro.
Souza: Muito bem atrás. Não apareceu na frente.
Elano: Muito bem no primeiro tempo. Um pouco perdido no segundo.

Zé Roberto: Bem no primeiro tempo. sumido no segundo.
Kleber: Luta mas não produz o que pode. 
Marcelo Moreno: Muito mal.
.....
Leandro (Fernando): Perdeu um gol feito.
Léo Gago (Pico): Não apareceu no jogo. Mas fez uma falta no final que garantiu o empate pelo menos.
André Lima (Souza): Fez um gol duvidosamente anulado.
.....


Pofexô: Fez o que pode. Foi também vítima de uma única jogada do Santos. 


_____

Nielson Nogueira Dias (PE), auxiliado por Roberto Braatz (Fifa/PR) e Clóvis Amaral da Silva (PE): Mais um trio de cretinos que dá um jeito de arranjar resultado.

29 de setembro de 2012

O papo furado do Hernandéz [3]: A lingua é o chicote da bunda

Enquanto não vou ao Olímpico pegar telefones de "homens" falo de um estádio!

Estádio na verdade é elogio, falarei da ruína que empobrece a Padre Cacique! Muitos talvez não tenham se dado conta de que, desde que se começou essa história toda de estádio da Copa, eles se arrastam numa reforma e nós estamos com nosso estádio 90% pronto.

Digo mais, não sou engenheiro, muito menos arquiteto ou o que for, mas qualquer um com um mínimo de cérebro sabe que, antes de se iniciar uma reforma, precisa-se ver se a "casa" suporta uma reforma, é simples!

Pois o problema é o seguinte: como não queriam ficar para trás e queriam algo para competir com a Arena, inventaram aquele estádio reformado de maneira grandiosa, porém sem estudos decentes feitos! A história todos já sabem, mas não custa relembrar!

Falaram que reformariam o estádio com RECURSOS PRÓPRIOS, camarotes vendidos a 1 milhão cada, ajuda do sócio, cães (sócios) ajudando a carregar tijolos e toda uma farândula narcisista que deixaria o próprio Narciso diminuído em sua vaidade! Claro, enquanto eles falavam nós fazíamos! Falaram que nossa ARENA seria de aluguel, que estávamos dando nosso estádio para um empreiteira, que era uma ARENA POWERPOINT e por aí vai!

A língua é o chicote da bunda, já diria o ditado! Tanto falaram que tiveram que engolir a sua empáfia. Não conseguiram recursos próprios, perderam a Copa das Confederações, os cães (sócios) usam o estádio como motel e a empáfia acabou por se perder no lodaçal (opa olha a sutileza aí) que refletia sua própria imagem! Precisaram de uma empreiteira para poder bancar a reforma, o estádio ficou esvaziado e doaram seu patrimônio pelos próximos 25 anos, em troca da reforma! Vão ficar com uma receita mínima e com as placas de publicidade do gramado, um pouco mais ou um pouco menos do que isso!

Enquanto isso aquela Arena Powerpoint (ou Power Point) se ergue majestosa no Humaitá, enquanto que o gigante projetado por COMPUTAÇÃO GRÁFICA, afunda na lama produzida por ele próprio!

Sempre digo que a vida é a melhor de todas as faculdades. Mas tem alguns que não aprenderão nem em 100 anos!

Vamos Grêmio!

Melhor do que o previsto

Atualizando a simulação

No dia 12 de setembro, sob o título "Simulação e Jornalismo "bão"" eu escrevi:
Grêmio: vence Náutico (C), Santos (C); empata Flamengo (F), Atlético (F) ...

Fluminense: vence Atlético Go (C), Náutico (C), Flamengo (C); empata Portuguesa (F) ... 

Atlético: vence Portuguesa (F), empata São Paulo (C), Náutico (F), Grêmio (C) ...

Vasco: vence Palmeiras (C), Figueirense (C); empata Cruzeiro (F), Ponte Preta (F) ... 

Se o Grêmio empatar fora com o Atlético Mineiro e com o Fluminense, provavelmente chegará na 32o. rodada com 65 pontos, 2 atrás do Fluminense e 2 à frente do Atlético MG. Como o calendário é mais favorável ao Tricolor nas rodadas finais, poderá ser campeão sim. O G3 parece mais do que confirmado. Tanto que o Infobola dá 76 % de probabilidade.
Passadas 3 rodadas pensei ser hora de uma reavaliação. Em negrito preto está o que acertei e em verde o que errei.

Previ 5 pontos para o Grêmio nas 3 partidas. Bingo!
Concedi 7 pontos para o Fluminense e eles fizeram 6. Um ponto de lucro.
Marquei que o Atlético faria 3 pontos. Fizeram 4. Um ponto de prejuízo, largamente compensado com a derrota   no jogo atrasado contra o Flamengo.
Acertei todos os resultados do Vasco.
O balanço está portanto favorável. Se acertar tudo daqui para a frente chegaremos na rodada 1 ponto atrás (ao invés de 2) do o Fluminense e 1 ponto à frente do Atlético.
O detalhe é que o time do Podre está descendo a ladeira.
Ah... Segundo o Infobola, a chance da Libertadores (no caso G3) subiu de 76 % para 82 %.
E teve gente que me xingou de otimista nos comentários.
_____

Grêmio x Santos


Jogo perigosíssimo pelo cansaço do time e pela necessidade do Santos em fugir do rodapé da tabela. No entanto, três coisas me dão certeza da vitória:
  1. Todos os titulares estarão em campo.
  2. O time sempre joga melhor em jogos contra os grandes.
  3. O Grêmio nunca ganhou do Santos com Neymar em campo. E tabus, vocês já sabem tanto que eu ensinei, existem apenas para serem quebrados.
Estádio lotado amanhã é o mínimo que se exige.

_____

Curtinhas
  • Fernandinho Beira Rio promete fazer 30 pontos em 36 a jogar. Eu prometo a vocês que se lerem 100 vezes seguidas este post, o monitor vai se transformar em uma pilha de 1 milhão de dólares. Mas para isto vocês tem que ter uma fé insana e um tanto grande assim de idiotia. Digo isto para não virem reclamar depois se não der certo.
  • Retorno de Bertoglio adiado uma vez mais. E tudo começou quando não resolveram a contratação enquanto ele ainda estava aqui.
  • Koff confirma a preferência pelo Pofexô. Parece que a única coisa que sobra para o nhem nhem nhem Odoniano é a história, mentirosa aliás, que só ele quis pegar o Grêmio quando este caiu para a Série B. Por alguma razão, mesmo depois de provada a mentira, ela continua a ser repetida tal qual um mantra.
  • Aliás, uma verdade que li outro dia: quando voltou para o Grêmio o presidente não tinha conseguido se eleger nem vereador na eleição logo anterior.
  • Parece que Ganso só volta a jogar mesmo em 2013. Definitivamente este é o nosso ano de sorte.
_____


Intolerância

Os níveis de intolerância das pessoas parece estar aumentando de forma exponencial. Basta ter uma opinião que seja, sobre qualquer assunto, diferente da opinião de alguns para voarem pedras.
Depois que este blog assumiu, honestamente e de forma transparente, a torcida para que o presidente Koff ganhe as eleições começaram a chover desaforos nos comentários.
Muitos até são publicados, até porque acho que os desaforos mais atrapalham do que ajudam o candidato que defendem. Outros são deletados, especialmente quando fazem acusação sem provas.
Outro dia um elemento foi tão estúpido que perdi as estribeiras e devolvi na mesma moeda. Logo depois o meu erro foi corrigido e os comentários retirados do ar. sobrou o bloqueio do IP do elemento.
Estão aí as guerras religiosas e políticas para mostrar que lutas entre seres humanos não levam a lugar nenhum que não o desespero e a dor.
Não há razão, portanto, para fazer da eleição uma guerra entre gremistas. Se isto acontecer só quem tem a perder é o Grêmio.

28 de setembro de 2012

Pitica: Sim, nós temos goleiro!

Nos dedos...

Escrevi aqui há três dias as seguintes palavras: “Marcelo Grohe é um grande goleiro. É um goleiraço”.
E ontem no Equador, ele foi soberbo. Espetacular!!!
Pois é, mais uma vez meu feeling feminino me diz que estamos diante de um grande profissional.
Sim, torcida, nós temos goleiro depois de muito tempo. E que goleiro!
E o melhor de tudo: cria da casa, forjado na filosofia e método do Imortal Tricolor.
E é aí que pergunto: Pitica, a Novata, entenderia mais de futebol do que jornalista que milita há mais de cinquenta anos na área ?
Que aquisição, seu Algoz!

Marcelo Grohe é o novo ídolo da torcida gremista.
........................

Zé Roberto

No jogo de terça, o time esteve irreconhecível. Não jogou nada! Não juntava “a” com “b”.
Porém, venceu. E é isso que importa. Sorte também faz parte do pacote que torna equipes campeãs.
Mas a minha conclusão é de que, mesmo que não pareça, Zé Roberto faz muita falta nesse meio-campo. Eu diria que ele é peça fundamental na engrenagem montada pelo Pofexô. Na sua ausência, Elano se ressente e produz muito menos. Olhando sua figura em campo, lembro–me do grande Valdo dos anos 80. Pequeno, vigoroso, ágil e com muita categoria.
Ave, Zé Roberto!
................

Até quando vai durar a lua-de-mel do jogador aquele com aquela torcida?

27 de setembro de 2012

Barcelona-EQU x Grêmio - Pós jogo


Lances do jogo

Para ver lances do jogo, clique neste link.

_____

Entrevista do Luxemburgo

Funciona com Internet Explorer.
Com o Chrome, pode apresentar problemas.

Vitória e pé nas quartas

Barcelona de Guayaquil 0 x 1 Grêmio
_____

Primeiro tempo: 0 x 1

Fruto dos desfalques, fomos para campo num 3-5-2. No primeiro tempo, por duas vezes o adversário esteve a ponto de marcar. Em ambas, brilhou a estrela de Marcelo Grohe, o melhor jogador da equipe na etapa inicial. Quando o jogo se encaminhava para o final, Elano bateu falta, Werley torneou de cabeça e saltamos à frente no placar. Este o resumo do primeiro tempo.
_____

Segundo tempo: 0 x 0

O segundo tempo começou com muita pressão sobre a nossa zaga, que tinha dificuldades em conter as investidas contrárias. Pico, mal, era ponto de insegurança na defesa. Aos 14, Tony levou o segundo amarelo e foi expulso. Para recompor a defesa, Luxemburgo retirou Kleber e colocou Edilson em campo. A pressão foi intensa, mas com esforço descomunal, seguramos a vitória, que praticamente garante a passagem para a próxima fase da Sulamericana.
_____

Como jogaram

Marcelo Grohe: O melhor do jogo.
Werley: Muito bem na defesa e ainda fez o gol.
Naldo: Aceitável.
Vilson: O pior dos 3 zagueiros.
Tony: Bem no apoio.
Fernando: Um leão à frente da zaga.
Souza: Importante na marcação.
Elano: Bem, até sair cansado.
Anderson Pico: Perdido em campo.
Kleber: Pouco fez.
Marcelo Moreno: Sofreu a falta de abastecimento.
.....
Edilson (Kleber): Entrou para defender e foi o que fez.
Léo Gago (Vilson): Salvou gol aos 45 minutos, sobre a linha.
Marquinhos (Elano): Entrou quase ao final e pouco fez.
.....
Pofexô: armou o time num esquema diferente. Algumas peças defensivas tiveram dificuldade com a velocidade do adversário. Ao final, com um jogador a menos, armou, com sucesso, um esquema de resistência.
-----
Arbitragem peruana de Georges Buckley, com Raúl López e Braulio Cornejo: nem parecia haver juiz em campo.
_____

Enquanto isso...

Pelo Brasileiro, no Maracanã, o maracujá mineiro teve mais um capítulo da murchação. Acabou o jogo a menos, acabou a gordura. Logo, logo vira suco.

26 de setembro de 2012

O apressado come cru

Enquanto seu Algoz faz andanças a trabalho em outro continente (só retorna na sexta-feira), aproveito o espaço para dar minhas pitaqueadas. Quando o gato sai, os ratos tomam conta.

Sei que o povo leitor deste blog está ansioso para comentar sobre a política do clube e seus desdobramentos. Paciência, esperemos mais um pouco. O velho sábio já dizia: “a paciência é um tesouro oculto” e “o apressado come cru”. Abstenho-me de falar sobre o assunto, já que a política adotada por este blog é de não se envolver nestes imbróglios. Aguardemos o retorno de seu Algoz... é mais prudente.
_____

Hoje, convido a todos para manter o foco no jogo de logo mais do Imortal Tricolor contra os equatorianos do Barcelona de Guayaquil. O Grêmio está a caminho de mais uma possibilidade de título e esperamos que a equipe mantenha a mesma consistência que vem mostrando no brasileirão. Sem Zé Roberto, o meu desejo é de que Kleber comece a voltar a ser Kleber e que Elano repita a categoria que mostrou em suas melhores partidas,  desde que aqui chegou. Se estes dois estiverem inspirados já é meio caminho andado. Futebol eles têm de sobra.

Segundo notícias divulgadas por ZH, em 2012 o time tem um dos melhores desempenhos fora de casa desde que o formato dos pontos corridos foi adotado, em 2003. O aproveitamento atual chega a 45,2%, próximo da melhor performance, que aconteceu duas vezes: 45,6% em 2008 e 2010.

Então, meus amigos, a hora é de vencer, vencer e vencer...

Estou levando muita fé em uma boa jornada.

A vez da torcida

O conselho do Grêmio mostrou que não vota à cabresto. Embora na última eleição tenha sido eleita uma chapa inteira de apoiadores do Odone, ontem à noite menos de metade dos conselheiros votaram na chapa comandada pelo atual presidente.

Os demais mandaram um recado: assim como a torcida estão cansados de festejar vagas. Querem mesmo é voltar a ganhar títulos. Agora é o pátio. E aposto que nem mesmo a Geral vai voltar a cantar "Odone querido a Geral está contigo."
......

E hoje tem o que interessa mesmo: time em campo buscando mais uma vitória. É em Guayaquil. É com o Naldo no time. É superando o cansaço da maratona e dos atrasos em aeroportos. É da forma que o Grêmio gosta e sabe ganhar títulos. Que a política fique no pátio e não entre no campo.

24 de setembro de 2012

O Grêmio e a alma castelhana

Eu sou uma apaixonada pela camiseta oficial do uniforme do Grêmio. Considero a mesma de uma originalidade genial. É diferente de todas as outras que existem por aí. Quando vemos os atletas em campo, o contraste entre o branco, o azul celeste e o preto tornam suas figuras luminosas. Eles parecem estar em todos os pontos do gramado, tal é a intensidade da imagem que vemos. Ela transmite força, energia e vitalidade.

Agora o clube lança também a linha Alma Castelhana , uma homenagem ao DNA que, pela proximidade territorial, nos identifica com os hermanos do Uruguai e da Argentina . Raça, luta e aguerrimento que histórica e culturalmente aproximam o Imortal Tricolor e o modo de ser dos gaúchos aos povos daqueles países.

Gostei muito do design clean das camisetas. Estilo simples e sem firulas. Um modelo clássico para colecionador .




Grêmio lança a linha Alma Castelhana

.......................

Grohe

Marcelo Grohe é um grande goleiro. É um goleiraço!!!

Ontem fechou o gol em um contra ataque do adversário que poderia ter complicado muito o jogo para nós. Até agora, desde que assumiu a titularidade, não vi uma falha grave sequer que justifique as pesadas criticas que tem recebido do jornalista Paulo Sant'Ana.

Espero que Sant'Ana, humildemente, mostre coerência e reconheça a bela atuação de Marcelo na partida. É muito fácil e cômodo criticar. Por dever de justiça e honestidade intelectual, também é preciso elogiar quando o profissional faz por merecer.

Se não sabe mais o que fazer para aparecer, poderia começar pendurando uma melancia no pescoço! Usar dois pesos e duas medidas é muito feio...

23 de setembro de 2012

Empate modelo G-4

Atlético MG 0 x 0 Grêmio

Pré jogo

O jogo envolveu cuidados de todos os lados. Os preparativos contemplaram uma semana em Atibaia. Uma vitória nos encaminha muito bem para a reta final do campeonato. Um empate não é mau resultado. A apreensão fica por conta do careca escalado para apitar o jogo.
_____

Primeiro tempo: 0 x 0

Começamos o jogo perdendo uma boa chance com Kleber. O adversário respondeu em duas vezes, com chutes da entrada da área e continuou insistindo sem sucesso. O jogo foi pegado. Ambas equipes jogando com muita disposição. Apresentamos alguns problemas de marcação pelo lado esquerdo. Aos 42 minutos, Elano bateu falta na trave. No rebote, Souza finalizou mal de pé esquerdo.
_____

Segundo tempo: 0 x 0

Aos 4 minutos, Marcelo Grohe fez grande defesa, impedindo o gol. Aos 20 minutos, o dentuço pilantra mostrou, uma vez mais o seu caráter, tentando atingir o rosto de Kleber numa solada criminosa. O careca se fez de bobo e não expulsou o "atreta". Aos 22, Pará roubou a bola do adversário e serviu Marcelo Moreno, nas imediações da marca do pênalti. O atacante chutou para fora diante do gol vazio. Depois disso, muita correria e poucas oportunidades. O resultado seria bom, não fosse a vitória do Fluminense. Para O G-4, valeu.
_____

Como jogaram

Marcelo Grohe: Fez defesas importantes.
Pará: Razoável. Serviu a bola do jogo para MM.
Werley: Bem
Gilberto Silva: Muito bem.
Pico: Teve dificuldades na marcação. Nas poucas vezes que apoiou, não foi bem.
Fernando: Envolvido em algumas oportunidades. Na média, razoável.
Souza: Importante na marcação.
Elano: Muito esforço. Bem.
Zé Roberto: Bem marcado, pouco produziu. Saiu machucado. Pode ser grave.
Kleber: Apanhou muito e pouco fez. Abusou do individualismo.
Marcelo Moreno: Errou um gol imperdível. No mais, muito esforço.
.....
Marquinhos (Zé Roberto): Entrou aos 32.
Léo Gago (Elano): Eram 32, quando entrou.
André Lima (Kleber): Pouco tempo.
.....
Pofexô: Montou o time para tentar ganhar, sem descuidar da defesa. Por pouco não conseguiu.
_____

Arbitragem de Héber Roberto Lopes (PR), com Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO): o careca cumpriu seu papel histórico, que é prejudicar o Grêmio. Inexplicavelmente não expulsou o pilantra. Seguiu à risca a regra geral do campeonato: todo mundo pode bater no Kleber à vontade. Para completar, deu cartão amarelo para o jogador na maca.

Pitica: Um jogo para incendiar a torcida


Parece que o Fluminense vai ser o campeão do Brasileirão 2012.
Se aquela equipe não vence, a arbitragem vence para eles.
Mais uma vez um pequeno sendo prejudicado...
Assim fica muito difícil. Não tem como competir...
É desanimador para as torcidas restantes.
A credibilidade do campeonato fica comprometida e não vejo nenhuma graça nisso!
Quem vai querer comprar patrocínio, pay-per-view, publicidade e ingressos para acompanhar um torneio de cartas marcadas?
Burrice astronômica da CBF!
Mas o que mais indigna são a placidez e o silêncio de dirigentes dos clubes prejudicados...
Pasmaceira generalizada!
Não ouvi ou li nenhuma palavra de protesto.
Tudo como dantes no quartel general de Abrantes!!!!
................

Hoje é dia do Grêmio mostrar com quantos paus se faz uma canoa.
O time vai ter que entrar com fogo nas ventas.
Espantar o adversário para as cucuias.
Não tem choro nem vela.
Luxemburgo tem de ser cirúrgico.
E os jogadores totalmente focados.
Os gremistas não esperam outra coisa do time.
Com motivação extra, vai ser um jogo para incendiar o coração da torcida.
Vencer hoje é obrigação.




Vibração e garra é o que se espera da equipe hoje

22 de setembro de 2012

Roth, Dentuço Pilantra e juízes em ação

O Odone não me falou nada mas eu senti pela entrevista dele na TV que, se ele for eleito vai trazer o Celso Roth como treinador para os dois anos de seu próximo mandato.
O Odone também não disse, mas está acertado com o A$$i$ e o Dentuço Pilantra desembarca em Porto Alegre à tempo de  jogar a partida inaugural da Arena. Odone ainda não se conforma de não ter conseguido contratá-lo no início do ano passado.

Você, caro leitor deste blog deve estar surpreso com as "informações" acima. Se você quer a continuidade do Odone, deve estar indignado. Pois saiba que é para se indignar mesmo. Estas "notícias de cocheira" tem o mesmo valor e credibilidade daquelas que colunistas sem-vergonhas estão plantando sobre o que o Koff fará se eleito.
Então meu caro, se não acredita no que está aí em cima, porque acreditar no que os Saraivas, Wianeys e outros dizem sobre o que Koff fará ou deixará de fazer?
Detalhe importante: por estarem inventando estórias eles nunca deixam de ressaltar que não ouviram a notícia do Koff nem de seus companheiros de chapa. Eles morrem de medo da puteada e até de um processo por calúnia.
_____

O Fluminense ganhou e com isto Grêmio e Atlético MG tem que ganhar para não ficarem a uma distância muito grande.
Na minha opinião, a maior pressão está sobre a cabeça do Atlético. Além de jogar em casa, o time mineiro já foi considerado como virtual campeão antes de começar a perder pontos e ceder a dianteira.
Cabe ao Grêmio aproveitar esta situação e, conseguindo segurar o ímpeto inicial, contar com o nervosismo dos cavalos paraguaios para sair com uma vitória que pode levar a uma arrancada definitiva rumo ao topo.
Não se deve esquecer que as últimas 8 rodadas favorecem ao Tricolor se compararmos os adversários.

Detalhe importante do jogo do Fluminense: aos 43 minutos, um pênalti escandaloso para o Náutico não foi marcado. É amigos...


21 de setembro de 2012

Safados tentam novo golpe

Manchete i$enta e barata:

Kleber será julgado por agressão e pode pegar até 12 jogos de suspensão

Então tá. Se por aquela jogada em que o juiz poderia deixar passar batido o Kleber levar 2 jogos já seria ridículo, imaginem levar 12 jogos.
Seria motivo para uma nova Revolução Farroupilha.
E não aparece um dirigente do Grêmio para espanar estes sem-vergonha,

20 de setembro de 2012

Mais do programa do Presidente Fabio Koff

d) Para a Arena

A Arena Portoalegrense terá seu plano de negócios discutido e aprovado em conjunto com a OAS, em regime participativo e sinérgico, com os interesses de cada parte respeitados e examinados. Os Diretores a serem indicados pelo Grêmio terão perfil eminentemente profissional e adequados a atividade desta unidade;

e) Gestora de Talentos

Privilegiará parcerias estratégicas com olhos também nos mercados do Uruguai, Argentina, Chile e Paraguai, por um lado, e constituição de fundos de Investimento com atletas consagrados e novas promessas pelo outro;

f) Na área do futebol profissional

Privilegiará uma política mais qualitativa do que quantitativa, abolindo o modelo vigente, de contratações de jogadores sem critérios claros e em número elevado. Terá como parâmetro competência e vitórias, origem e razão de ser do Grêmio, com políticas de retribuição por metas alcançadas;

g) Nas divisões de base

Adotará as melhores práticas de busca de talentos existentes no mundo do futebol, definindo parcerias, nas quais o Grêmio seja recompensado pelo uso de sua marca;

h) Na área financeira

Promove o saneamento financeiro definitivo do clube através de parceria em estudo com Banco de Investimento Internacional, com expertise no ramo e no negócio futebol.

i) Marketing

Inova e cria ações de marketing diferenciadas, para atingir o universo de 8.000.000 de torcedores apaixonados. A marca Grêmio será gerenciada, visando obter retornos proporcionais ao seu valor de mercado.
_____

Continuamos aguardando os programas dos demais candidatos.

Pitica: Peleando com paixão e com alma

Quem não nasceu e não vive no Rio Grande do Sul muitas vezes tem dificuldade em mensurar o que é o amor e a paixão por esta terra. Aos olhos de muitos, parecemos arrogantes, exibidos e prepotentes. Sim, sabemos disso. Mas não esqueçamos que, culturalmente, somos um povo que tem gana, garra e sempre escolhe um lado. Historicamente, sempre fomos forçados a pelear. Ficar em cima do muro não está no nosso DNA. Não adianta nada espernear... é assim mesmo!

Digo isso, porque desde o início da novela meu sexto sentido feminino me dizia que PH Ganso não tem o DNA da torcida gremista. Ele é blasé, indeciso , faz muxoxo. É mais enrolado que namoro de cobra. Não tem a pegada de um Fernando, de um Anderson Pico, de um Danrlei. Ou de estrangeiros como Dinho, Kleber e Tarciso
 Como mulher, afirmo que a maternidade amplia a nossa visão de mundo. Ensina a ler a alma das pessoas. E minha leitura me mostrava que o Grêmio nunca esteve presente na alma de Ganso. Ele não conhece a nossa terra, a nossa gente a nossa paixão... e nem imagina como isso seja. Para fazer uma contratação com estas cifras milionárias, tem de se ter certeza absoluta da identidade guerreira do atleta.

O vídeo abaixo ilustra tudo aquilo que estou dizendo. Quando duas paixões se unem, nada pode ser maior. O Imortal Tricolor e o Rio Grande na boca do povo...

O Olímpico Vive

Maquete do Olímpico para que este nunca saia da nossa retina

Espetacular! Esta é a menor expressão que se pode falar sobre a maquete do Olímpico Monumental presenteada pela OAS. Comovente! Este é o outro sentimento que sinto. Este mais perto do coração.

O coração faz sonhar com a possibilidade de mantê-lo em pé, como uma relíquia dentro de um cofre que podemos abrir de quando em vez para tocá-la. Quem sabe um jogo por ano? Mas a vida não é assim. Sempre acabamos vendendo a casa ou apartamento mais antigo quando compramos outro maior e mais moderno. Com o Olímpico Monumental não poderia ser diferente.

Os dias se aproximam e não podemos deixar de olhar com profunda tristeza para o mês, o dia e a hora em que todos nós sairemos pela última vez deste estádio de tantas histórias. Títulos muitos e tristezas poucas à parte, muitos de nós fizemos inúmeros amigos lá dentro, encontramos amores e o usamos para esquecer outros perdidos. Perder entes queridos é da vida. Importante é saber reverenciá-los para todo o sempre.

PS - Continuem mandando histórias para a série Olímpico Eterno.
_____

O blog e as eleições

Este blog tem angariado um grande número de leitores e admiradores ao longo de 7 anos. Já passamos há tempos de 1 milhão de acessos únicos, sem contar aqueles que retornam para comentar e participar mais ativamente.

Este aumento constante de leitores tem uma única causa: o amor à instituição Grêmio, acima de qualquer coisa. Aqui nunca houve espaço para intrigas e muito menos se encontrará desejos de derrotas do time em nome de um futuro que achássemos mais promissor. Para quem não sabe, isto existe. Oh, se existe!

Desde que existe o blog, apenas dois presidentes passaram pelo Grêmio: Paulo Odone 5 anos e Duda Kroeff 2 anos. Ambos nunca contaram com a simpatia dos blogueiros. O primeiro pelo seu caráter personalista e politiqueiro. O segundo pela sua postura "mole" e contemporizadora. Mesmo assim sempre criticamos quando pensamos que era a hora e sempre vibramos com as conquistas. Conquistas poucas e não tão grandes, mas mesmo assim conquistas.

Arigatô  (e uso o pseudônimo dele no blog porque estou falando do blog) foi surpreendido por um convite e entusiasmou-se com o que ouviu. Arigatô, em nome da história curta mas intensa do blog, decidiu não escrever enquanto estiver em campanha e, se for o caso, enquanto for dirigente do Grêmio. Arigatô sabe que eleições e cargos vem e vão. Arigatô, por outro lado, quer que este blog dure enquanto sentirmos prazer em mantê-lo.

Alguns confundiram isto com imparcialidade. Imparcialidade e isenção são coisas diferentes.
Eu, seu Algoz,  não sou imparcial. Eu quero que Fábio Koff e, por consequência, o Odorico, sejam eleitos. Acredito no projeto. Confio nas pessoas que conheço e que estão na chapa. Mas tenho procurado ao máximo manter o blog isento. Só deletei comentários com críticas ao Koff quando estas atingiam a honra dele. E dificilmente tenho respondido a estas críticas, muitas delas ferozes e carregadas de ódio.

Em nome da isenção levamos 3 dias para decidir publicar o programa da chapa do Presidente Koff. Em nome da isenção garantimos às outras chapas a publicação de seus programas se entenderem que vale a pena expô-los aqui.

Espero que isto esteja esclarecido.

Finalmente: decidi também bloquear todos os comentários sobre a eleição que não contiverem críticas apenas aos programas. Todos que atacarem a pessoa dos candidatos, qualquer um deles, serão deletados.

19 de setembro de 2012

Pitica: O Programa do Presidente Fábio Koff

Propostas de Fábio Koff para o Grêmio


O blog Imortal Tricolor divulga para os leitores algumas proposta que o candidato à presidência do Grêmio, Fábio André Koff, pretende implantar no clube se vencer a próxima eleição. Nos próximos dias, novas informações.

Em tempo: Todo candidato que tiver programa de ação e achar que o blog é um bom lugar para divulgá-lo, pode enviá-lo para o e-mail blogremio@gmail.com que o faremos.
_____

a) Linhas gerais

A proposta da chapa prega transparência, seriedade, moralidade e ética, buscada através da reforma estatutária e da implantação de normas de governança corporativa, de acordo com os critérios do IBGC.

Determina alçadas decisórias. Contratos que ultrapassem os parâmetros definidos serão partilhados com o Conselho Deliberativo, num processo de integração e de responsabilidade divididas. Compromete-se para, em seis meses, ter todas as receitas e despesas disponíveis na internet, on-line, para todos os associados terem acesso.

b) Na Estrutura organizacional

Estabelece como critério analisar cada unidade de negócio com seus centros de custo, apurando os resultados de cada atividade auferidos de forma separada e consolidados posteriormente.
Seja o futebol profissional, sejam as divisões de base, sejam as áreas de Marca e Marketing, sejam as empresas já constituídas, Arena Portoalegrense e a Grêmio Empreendimentos. Numa visão de futuro, define a Grêmio Empreendimentos como holding de suas unidades de negócio: a Arena Portoalegrense, a Grêmio Gestora de Talentos e a Grêmio Marketing e Marca.

c) Linhas de gestão

Adota a administração participativa, aproveitando o imenso potencial de lideranças dos Grupos políticos de situação e oposição. Passado o episódio eleitoral pretende a união de todas as facções, desarmando-se os espíritos e propiciando-se um ambiente de diálogo e debate em favor do Grêmio.

Cria comitês e Conselhos Consultivos e temporários, para em regime de contribuição e treinamento, constituir um banco de dados de novos talentos para serem aproveitados nesta e em futuras administrações.

A escolha dos responsáveis para cada cargo da estrutura privilegiará curriculum e conhecimentos, tendo o candidato necessariamente que estar adequado ao perfil e às exigências que o cargo demandar, através da utilização de modernas técnicas e processos de avaliação, seleção e recrutamento.
O Choque de gestão obedecerá ao Planejamento Estratégico e seus Planos complementares com definição clara dos objetivos, responsáveis e prazos, adotando uma política de retribuição do tipo variável, por resultados atingidos.

18 de setembro de 2012

Rapidinhas


Ganso não vem. Ótima notícia. O que não precisamos é jogador presente de corpo mas não com a alma. Se não fosse época eleitoral eu escreveria sobre mais este mico do Odone. Odone é o presidente que quase trouxe o Dentuço Pilantra, quase trouxe o Giuliano, quase trouxe o Nilmar e agora quase trouxe o Ganso. Mas pensando bem, é muita sorte do Grêmio que ele quase trouxe mas não trouxe estas nabas.
_____

Revolução no Cheira-Rio. Fernandinho Beira Rio chuta a canela do queee grupo e ouve troco do Anão de Fala Fina. I$ento$ trabalhando dobrado para não deixar sair para fora 5 % do que está rolando. Um empate domingo e a casa cai definitivamente.
_____

Por falar em jornalistas, este link aqui mostra como o Grêmio era visto no início do campeonato. Tirando a projeção de alguns que apostavam no Fluminense, dá para ver que estes caras ganham para opinar sobre o que não entendem. Destaque especial para a classificação projetada para o Imortal pelo grande Mauricio Saraiva.
_____

Esta semana de treinos podem servir para renovar as energias do time. O Grêmio tem um meio de campo excelente mas os dois articuladores, mais Marquinhos que entra no lugar de um deles, são veteranos. A maratona de jogos pode estar pesando. Domingo foi visível a desaceleração do time a partir da metade do segundo tempo.
Mesmo assim, eu acredito que há boas possibilidades de vitória domingo. O Atlético está em decadência e se fizermos um gol antes a vaca deles pode ir para o brejo. Um cuidado especial com o Bernard muito ajudaria.
_____

Está nojenta e asquerosa a campanha sórdida do Santana ao Marcelo Grohe. Num primeiro momento até pareceu que o gol do Flamengo domingo fosse defensável. Mas a câmera de trás do gol mostrou que a bola entrou rente à junção da trave com o travessão. Ninguém pegaria aquela bola. Mas o decrépito senhor parece não ver. Entende-se que a doença e a insegurança decorrente pode tirar as pessoas do eixo, mas não se entende como, e nem porque, algum colega ou chefe da empresa não chega no cara e mostra o ridículo e o mal que ele pode estar causando a um jovem jogador. É triste ver alguém perder o juízo e a dignidade em praça pública.
_____

Mentiras, já falava um auxiliar do Hitler, quando repetidas à exaustão, viram verdade. Pois disseminasse na praça que Paulo Odone assumiu o Grêmio quando este estava endividado e ninguém se apresentou. É mentira. Adalberto Preis, este gremistaço, não só se apresentou como concorreu. E, infelizmente, perdeu.
Fique atento aí torcedor.

17 de setembro de 2012

Pitica: Quem não te conhece, que te compre!

Pofexô se faz de louco para comer minhoca

Quem não te conhece, que te compre!

Vanderlei Luxemburgo, malandro escolado, macaco velho que é,  não assume junto ao torcedor a possibilidade de ser campeão brasileiro. Muito matutamente,  não se cansa de dizer que o Grêmio mira  a vaga na Libertadores.  Quem não te conhece, que te compre.  É lógico e cristalino que o  Pofexô  só pensa naquilo:  botar a mão no caneco.
Luxemburgo não seria tolo  o bastante para  gerar uma  expectativa  tão alta. Se  prometer  muito e a promessa não se concretizar, corre o risco de ser amaldiçoado.   É melhor garantir uma relação saudável com o torcedor,  de admiração e confiança mútuas.
A Nação Tricolor agradece! 
..............................

É óbvio que dá para entender a frustração do torcedor com o empate contra o Flamengo.  Parecia que os três pontos estavam no papo. O final da partida foi como um barril de água gelada sobre o corpo febril. Mas também não dá para fazer terra arrasada, como se tudo estivesse perdido. O jogo foi na casa do adversário e ainda tem muito coisa pela frente.   As oscilações  eventuais da equipe são perfeitamente naturais e previsíveis.
O  time montado pelo Pofexô  já mostrou que tem potencial. A hora é de apoiar e confiar.
Por isso, vamos ter paciência neste momento! Deixe a corneta trancada no armário e esconda a chave de si mesmo!!!
.....................................

Uma  parte da torcida tricolor  aprovaria a contratação de Paulo Henrique Ganso.
Nada pessoal contra o atleta, mas tenho de dizer que  não estou tranquila quanto a isso.
Ganso seria uma  aposta cara demais! O preparador físico  Antônio Mello trabalhou com Ganso no  Santos  e declarou que o atleta teve uma lesão na cartilagem do joelho aos 16 anos. Cirurgia mal feita. Luxemburgo, técnico do Santos na época, pagou  do próprio bolso a  cirurgia corretiva.  Lesão grave, difícil de tratar. Relatou que o jogador não fez o trabalho de reforço muscular que deveria  ter sido feito. Por isso as seguidas lesões agora. Mello diz que não é impossível recuperar , mas que é um trabalho difícil.
E eu pergunto:  por que não fez o trabalho de reforço que deveria ter feito?
Falta de profissionalismo?  De seriedade? Preguiça?  Falta de orientação?
Hummmm.......
 Volto a dizer : muito mimimi...

Chega de chororô

Pelo chororô, mi-mi-mi, parece que o Grêmio está na rabeira do campeonato.
Pois recebemos este vídeo e, pelo teor otimista resolvi divulgar. Não somos nós que devemos estar amargos agora.
Aproveitem.

Pós jogo - Flamengo 1 x 1 Grêmio

Lances do jogo

Clique aqui, para ver lances do jogo.
_____

Entrevista de Luxemburgo




16 de setembro de 2012

Ainda na luta


Flamengo 1 x 1 Grêmio

Pré jogo:

Eu simulei que o Fluminense venceria o Atlético Go e empataria com a Portuguesa. Eles perderam pro Atlético e ganharam da Portuguesa. Estou com 1 ponto de lucro.
Eu simulei que o Atlético empataria com o São Paulo e com o Náutico. Ganhou a primeira e perdeu a segunda. Estou com 1 ponto no prejuízo.
Eu simulei que o Grêmio ganharia do Náutico e empataria com o Flamengo. Se ganharmos, o lucro será de 3 pontos em relação ao Fluminense e de 1 ponto em relação ao Atlético. Empate é vantagem de 1 ponto contra o Fluminense e desvantagem de 1 ponto em relação ao Atlético.

Primeiro tempo: 0 x 1

Eu não sei se é a ângulo de tomada ou se é o campo mesmo, mas em jogo no Rio o campo sempre parece ter mais espaços. E mais espaços deixam as coisas mais complicadas.
O jogo estava no morno ritmo carioca quando aos 18 minutos Elano deu um passe espetacular para Moreno. Este mostrou que é craque. Na cara do goleiro deu só um tapinha embaixo da bola que encobriu o goleiro.
Foi tudo o que o Grêmio fez no primeiro tempo no ataque. Mas foi o suficiente.
Enquanto isto, a defesa, de Grohe a Pico, de Souza a Kleber e com Moreno ajudando atrás não sofreu nenhum susto.
O 1 x 0 foi justo e foi o que poderia ser. Nem mais gol a favor e nenhuma chance de levar atrás.

Segundo tempo: 1 x 0

O segundo tempo começou no mesmo ritmo. O Flamengo tentando pressionar, como só se poderia esperar e o Grêmio esperando. A defesa estava muito firme atrás.
Aos 16 minutos, já com Vilson e Leandro em campo, o Flamengo empatou com um gol de falta. Uma falta, diga-se de passagem, duvidosa. 
Kleber não jogava nada e perdia bolas bisonhas do ataque.
Aos 30 minutos, o Grêmio, tal qual os mensaleiros, não tinha um ataque contabilizado no segundo tempo. Zero chutes. Leandro e Kleber eram dois pesos mortos.
Aos 31 minutos entrou Marquinhos. Aos 32 minutos Pará entrou pela direita e fez uma cruzada ridícula. Poderia ter sido uma boa chance.
Aos 35 minutos quase gol do Grêmio. No contra-ataque quase gol do Flamengo com grande defesa de Grohe.

Eu profetizei vitória contra o Náutico e empate com o Flamengo. Na simulação, até agora, só deu errado a vitória do Atlético contra o São Paulo.
Li no twitter exclamações de desespero pelo empate. Não pactuo. Este era um jogo muito perigoso pela situação do Flamengo e pelo que se sabe que isto significa. E o empate veio em um gol de falta.
Mais ainda. Nos aproximamos do Fluminense e do Atlético. e jogando fora de casa.
A luta continua.
_____
Como jogaram

Marcelo Grohe: Nenhum trabalho no primeiro tempo. O gol pareceu indefensável. Fez uma grande defesa no final do jogo.

Pará: Muito bem na defesa.
Gilberto Silva: Muito seguro.
Werley: Muito firme.
Pico: Bela atuação na defesa.
Souza: Muito firme como primeiro volante.
Marco Antonio:  Discreto como sempre. Cumpriu sua função defensiva muito bem até sair.
Zé Roberto: Alterna boas e más jogadas.
Elano: Um passe espetacular para Moreno fazer o gol. O mais lúcido e melhor do time.  
Kleber: Totalmente apagado no jogo.
Marcelo Moreno: Fez o gol. Se mexeu bastante até sair.
.....
Leandro (Marcelo Moreno): Entrou perdido e não fez nada.
Vilson (Marco Antonio): Firme atrás.
Marquinhos (Souza): Entrou tarde e não pode mostrar sua categoria.
.....
Pofexô: Recuou demais o time. Mas está bem.
_____
Ricardo Ribeiro (MG): Nenhuma incidência que mereça registro.

O papo furado do Hernandéz [2]

Olímpico generoso acolheu craques e perebas como este Hernandéz

O Abraço ao Olímpico

Desesperado por mais acessos o Seu Algoz me pediu para escrever sobre o abraço ao Olímpico!

Aos poucos vai caindo a ficha, devagar (se fosse nos tempos do Seu Algoz, eu diria que aos poucos a telefonista vai completando a ligação, depois de dar mais umas três voltas na manivel, claro)!

O tempo é carrasco, quando menos esperamos, nos ceifa dias e horas preciosos, e assim foi, assim está sendo! Nosso Velho Casarão aos poucos vai virando saudade, história e lágrimas, muitas lágrimas! A torcida compareceu em peso. Cerca de 20 mil gremistas foram abraçar aquele que foi pátio e segunda casa de muitos. Notava-se nos olhares uma certa nostalgia, uma espécie de deja vu em tempo real, na frente de todos nós estava o palco de muitas conquistas, glórias e alegrias!

Foi um abraço de oito voltas, e nem assim contemplou a todos. Mas isso não importava, a torcida estava lá, mais uma vez como protagonista, mais uma vez com sua força e vontade, mais uma vez, pulsando com uma vibração de dar inveja a todos os outros! Eram tantos os rostos, novos, maduros, juvenis e pueris que era difícil se ater a somente um. Todos estavam maravilhados e saudosos. Todos queriam, de alguma forma, guardar na retina aqueles arcos, e aquela arquitetura. O Olímpico, meus amigos, é inigualável!

Eu não abracei ele, não, Terei outras maneiras de me despedir dele. Sejam os carrinhos que dei no gramado principal (sim, eu joguei lá dentro), sejam as vezes que minhas lágrimas respingaram no concreto sagrado, sejam as incontáveis explosões de alegria a cada gol, sejam as orações de Los Hermanos Hernández a cada jogo, seja o gol do Aílton em 96, seja o Tcheco com o gauchão de 2007, sejam os 5x0 sobre o Palmeiras, seja o que seja, o Olímpico vive em mim e vive em cada um de nós, um dia eu me despedirei dele, como e quando só Deus sabe!

O certo, meus caros amigos e leitores, é que minha despedida será material, jamais espiritual, pois o Olímpico viverá no coração de cada um que já adentrou os seus portões, cada um que entrou no Canaã Celeste, a terra prometida de todos os gremistas!

Viva o Olímpico! Ontem, hoje e para sempre!



Não há no mundo torcida igual a Tricolor (foto Ducker)

15 de setembro de 2012

Eu sou do tempo ...



Eu sou do tempo que se levava radinho de pilha para o estádio. Alguns levavam radiões de pilha. Neste tempo os profissionais da imprensa eram respeitados pelo seu conhecimento e isenção. Milton Ferreti Jung, por exemplo. Um grande narrador, jamais narrou um gol do Grêmio ou do timinho que denunciasse sua preferência. Há dois anos descobri que é gremistão. Hoje em dia, todos vocês sabem, não se fazem mais jornalistas como antes.

Eu sou do tempo em que se voltava à pé do Olímpico até a Ramiro Barcelos. A meia-noite e com direito a atravessar tranquilo a redenção. Naquele tempo, os assaltos, em menor número e menor violência, estavam na periferia.

Eu sou do tempo em que 15 mil pessoas no Olímpico em jogo do gauchão contra o Bagé era público pequeno e de time em crise. Hoje, jogo decisivo com promoção não chega ao dobro disto.

Eu sou do tempo em que o Grêmio tinha atletas que se tornariam laureados. Atletas laureados são aqueles que permanecem vários anos no clube, contribuem para títulos e se tornam amados e respeitados pela torcida. Danrley, Tarciso e Roger são exemplos. Tarciso parou lá por 1984. Danrley e Roger mais recentemente, mas foram laureados pelo que fizeram entre 1995 e 2001. Olhem para os últimos 10 anos? Quem poderá vir a ser atleta laureado do Grêmio neste período?
_____

Por falar em laureado, tem esta história do Ganso.

Ganso é um grande jogador. Ou foi, enquanto quis. Há um bom tempo se perdeu entre lesões e ciúmes do salário do Neymar. Ganso é o tipo de jogador que antigamente poderia se tornar um atleta laureado. Hoje não.

Ganso, como a grande maioria de jogadores, sonha com a Europa, com salário em euro, com camisas de times pequenos em torcida mas grandes em dinheiro. Times de empresários russos, por exemplo.
Claro que a perspectiva de Ganso no Grêmio aumenta a adrenalina e faz pensar em grande time e títulos, finalmente. Mas há várias questões sem resposta:

  1. Qual Ganso viria? O craque ou o ciumento do Neymar?
  2. Quando Ganso estaria apto a jogar? Agora ou em Novembro como se fala?
  3. Quanto tempo Ganso ficaria no Grêmio?
Esta última questão é a mais crítica e, parece, já foi respondida pelo presidente Odone, ao dizer que o jogador poderia ser revendido com um bom lucro dentro de um ano. Não se deve esquecer que mais da metade do passe do jogador pertence ao grupo do Sonda, auto declarado cocolorado fanático.

Portanto, na melhor das hipóteses, Ganso ficaria um ano. Se vier machucado poderia jogar por 4 ou 5 meses, descontando as férias e a pré-temporada. Interessa?

No entanto, parece que estas questões podem perder o sentido ainda hoje. Diz-se, no centro do país, que o jogador e seu "dono" preferem o São Paulo. Que sejam felizes.
_____

Eu não queria falar nas eleições, mas diante de uma insistente pergunta que aparece nos comentários, no twitter e no facebook, sou obrigado a respondê-la.

- Onde andava Koff quando o Grêmio foi rebaixado?

Se te perguntarem isto, responda com outra pergunta e uma resposta:

- A qual rebaixamento tu te referes? Se foi no de 1992, ele assumiu a bronca como presidente e, em 3 anos entregou um clube bi-campeão da Libertadores, bi campeão brasileiro e tri campeão da Copa do Brasil.

14 de setembro de 2012

O papo furado do Hernandéz [1]

Olímpico em foto de Rafael Dreher (Odonista safado)

O João Hernandez tem um blog que ninguém lê. Você pode visitar o blog aqui.
Falhou? Claro. Primeiro termina de ler este post, depois sim pode ir para o blog dele.
Pois o João já escreveu nos Geraldinos também mas acabou saindo. Ele é uma mistura de chileno com brazuca. Acho que tem um tanto de argentino no meio. O lado mais mala dele provavelmente é hermano. Mais mala sim, porque o Hernandéz é um mala completo.
Aí que ele me falou que queria escrever no Imortal e eu resolvi dar uma chance.
Pedi para ele escrever sobre a torcida nos jogos do Grêmio. Quer dizer, eu comento sobre o jogo no final e no outro dia ele fala sobre o jogo na visão do torcedor. As reações da torcida no jogo.
Depois que ele me mandou o primeiro post eu tive uma sacada.Lembrei que muitas e muitas vezes no Olímpico Monumental eu deixava de ver o jogo para olhar a torcida. Muitas vezes extasiado com a reação da massa. Outras, era um cara louco, ou bêbado, ou nervoso demais, ou ..., ou ... , ou ... que me atraia mais que a corrida do Tarciso para a linha de fundo.
Pois ele achou muito bom. A partir do próximo jogo do Grêmio, se você estiver no Olímpico, ou num bar, se o jogo for fora daqui, aquele cara feio com cara de babaca que ficar te encarando, pode não ser só um veado. Pode ser o Hernandéz te estudando para depois nos contar aqui as reações.
Como ele está ansioso para estrear, vai o post inicial dele. Ainda está afinando, pegando o jeito, mas acho que vai dar certo.
Boa sorte para ele. E para mim, pela ousadia.
________________

Grêmio 2 x 0 Náutico

João Hernandéz

Já frequentei quase todos os setores do Olímpico, cadeira central, lateral, social, geral e arquibancada! Já vi e ouvi de tudo, por isso meu enfoque neste blog será um pouco diferente. Não vou me ater tanto ao resultado dentro das quatro linhas, falarei do comportamento da torcida.

No primeiro tempo, os quase 30 mil gremistas não tiveram variação de humor muito grande. O Náutico não apresentou perigo e o Tricolor parava na defesa bem postada do time alvi-rubro, um jogo de xadrez que deixou a torcida sonolenta!

Em meio a alguns burburinhos sobre a vinda de Ganso, reclamação de que esse ou aquele jogador não estar jogando, e batidas mais ritmadas do tambor, o sentimento era um só, o segundo tempo vai ser melhor, já que o primeiro só havia arrancado um único "uuuuuh" da torcida, num cabeceio que explodiu a trave.

Após o cigarro, seja da procedencia que for, do meio tempo, os alto-falantes do Olímpico anunciavam duas trocas, Leandro no lugar de Fernando e Marco Antonio no lugar de Marquinhos! As vaias ao nome de Marco Antonio existiram, retumbaram e ecoaram pelo Velho Casarão! Um dia entenderei a rejeição ao nome de Marco Antonio. Por hora considero apenas que seja pelo fato de ele não ser o Messi.

A mesma voz que vaia, solta o grito de euforia! Marco Antonio abriu o placar e deu a torcida a tranquilidade necessária para esperar o segundo gol. O Náutico não esboçou reação efetiva, e quando o fez, os aplausos se manifestavam em favor de Grohe ou de Gilberto Silva. A tranquilidade parece ter feito as pazes com a zaga tricolor e com a torcida, nos sentimos seguros.

Kleber se encarregou da última explosão de gritos, na agradável noite de quinta-feira. Recebeu na entrada da área, girou e chutou no canto! A vitória estava selada e os sorrisos brotavam nos rostos tricolores. Não estamos mortos, estamos na briga, comendo pelas beiradas e fazendo de conta que não somos favoritos!

A torcida não bateu a casa dos 30 mil, mas as vaias não ecoaram, nem no fim do primeiro tempo sem gols! Aos poucos alcançamos a maturidade necessária, para o time e para o torcedor!

Duas semanas longe da nossa segunda casa serão complicados!

Paciência e sorte, tudo o que precisamos!

Até a próxima!

João Hernández - Pai, gremista e em estágio probatório neste blog
_____

Agora sim. O blog dele é este.
www.amanhaasonze.blogspot.com

13 de setembro de 2012

Não afogou o ganso mas se aliviou

Grêmio 2 x 0 Náutico

Primeiro tempo: 0 x 0

O Grêmio entrou em campo pressionado pelos resultados de ontem e pela ansiedade da torcida. Esperava-se que com maturidade suficiente para não deixar esta pressão influenciar no desempenho.
E o time entrou tranquilo. Tranquilo até demais. Tão tranquilo que não mostrou raiva, ira, indignação, impaciência e nem vontade de ganhar.
A rigor, em todo o primeiro tempo o Grêmio teve uma chance de gol. Escanteio batido na pequena área e Souza de frente para o gol deu uma bomba que explodiu no travessão e foi para fora.
Além deste lance, o primeiro tempo teve um careca vestido de kinder ovo, segundo @vrischtter, que demorou 30 minutos para dar uma falta a favor do Grêmio.
Pode ter sido o excesso de jogos. Pode ter sido a ausência de Zé Roberto. Pode ter sido a retranca do Náutico. Mas a verdade é que o time não conseguiu jogar com a intensidade que é característica do Grêmio. Com a gana que só o Grêmio sabe ter. Com a marcação por pressão que sufoca e apavora o adversário.
Assim, o 0 x 0 foi goleada. E o torcedor sentou para descansar preocupado com o segundo tempo.
_____

Segundo tempo: 2 x 0

O Grêmio voltou com Marco Antonio e Leandro nos lugares de Fernando e Marquinhos, respectivamente. E Leandro entrou mudando a cara do jogo. Até os 5 minutos duas boas jogadas já haviam sido criadas por ele. E o careca começou a roubar. Ao mesmo tempo o Náutico começou a ir mais para o ataque.
O jogo começou a mostrar o drama que é time sem laterais que vão para as pontas. Todas as jogadas eram emboladas pelo meio.
Aos 10 minutos o primeiro susto maior. O atacante do Náutico recebeu livre no meio da grande área mas não conseguiu dominar.
Aos 16 minutos, quando a coisa começava a ficar preta, Marco Antonio acertou um chute de fora da área e desafogou.
Enquanto isto o timinho fazia o seu papel, impedindo que o Botafogo mantivesse a mesma distância do Imortal. Gol de impedimento, mas isto não é mais notícia.
Aos 28 minutos Gideão, o goleiro com nome de herói da Biblia, fez uma grande defesa em chute de Leo Gago. 
A alegria pelo outro jogo acabou cedo, pois o timinho não soube segurar a vantagem que garantiria o milagre de ganhar uma fora.
Leandro infernizava a defesa e sofreu uma falta no risco da área. Elano chutou e Gideão espalmou.
Aos 47 minutos o desafogo. Kleber fez o segundo numa linda jogada de ataque.

No dia em que os boatos sobre Ganso avançaram sobre o jogo, a vitória sem brilho, sem tranquilidade, mas indispensável aconteceu.
Todos os jogos contra os times de baixo, à exceção do Figueirense, foram um parto natural sem anestesia para parir a vitória. Este foi um dos piores.
A rodada terminou como começou em termos de distância dos lideres, já que os quatro primeiros ganharam. A tendência, parece, vai ser esta. Os 4 de cima ganhando muito mais do que perdendo e os de baixo se comendo mutuamente. Uma visão pessimista vê que é uma rodada a menos para recuperar a distância. Uma visão otimista mostra que é uma semana a menos para ser alcançado pelos que vem de trás.
Qual a que você escolhe?
_____

Números do Olímpico
Público Pagante: 17.932
Público Não Pagante: 9.246
Público Total: 27.178
Renda: R$ 339.631,50
_____
Como jogaram

Marcelo Grohe: No primeiro tempo não foi exigido. No segundo também não.
Pará: Sofrível no apoio. Totalmente inoperante.
Gilberto Silva: Sem trabalho porque o Náutico não teve ataque.
Werley: Também não teve trabalho.
Pico: Muito mal no apoio.
Fernando: Saiu no intervalo após um primeiro tempo discretíssimo.
Souza: Sem criatividade perdeu um gol feito. Mas atrás foi bem.
Elano: Não repetiu as atuações anteriores embora tenha melhorado bastante no segundo tempo.
Marquinhos: Começou bem e depois se enredou na retranca. Saiu no intervalo.
Kleber: Não jogou nada no primeiro tempo e melhorou no segundo. Foi muito marcado o jogo todo pelo careca safado.
Marcelo Moreno: Sumido. Saiu sem ter chutado uma bola em gol.
.....
Leandro (Fernando): Entrou bem dando velocidade. O melhor em campo.
Marco Antonio (Marquinhos): Fez um grande passe. Depois fez o gol.
Leo Gago (Marcelo Moreno): Um belo chute.
.....
Pofexô: Mexeu bem o time no intervalo. Conhece do riscado.
_____

Heber Roberto Lopes (Fifa/PR), auxiliado por Ediney Mascarenhas (RJ) e Luiz Antônio de Oliveira (RJ): o de sempre: gordo, tem preguiça de marcar faltas para o Grêmio mas não tem para marcar contra. Pressionou Kleber o tempo todo.

Noite quente e reação da Pitica

Noite quente

Não teve jeito. A minha simulação começou mal. Ambos os times à nossa frente ganharam ontem. Só espero que eu não erre hoje também.
O time precisa vencer o Náutico, o que não é difícil, e a pressão. Pressão da própria tabela e dos i$ento$ barato$, que estão histéricos.
.....

O papo da vinda do Ganso não convence. Parece mais jogada de marketing. Mas se querem saber o que eu acho, informo que não me agrada. Ganso despontou como craque, mas logo começou a se lesionar em demasia e a ouvir mais ao empresário do que ao Muricy. Quem garante que aqui seria diferente? Bastante jogo e ouvido no Pofexô. Eu não me atrevo.
.....

Pois a Pitica levou pau a torto e a direito, mas aparentemente não se mixou. Mandou alguns textos que repasso. Boa leitura.

______

Bafão!!!

No início desta semana , em entrevista a Sérgio Boaz no programa Show dos Esportes, o ex-jogador e treinador Mário Sérgio não poupou o técnico aprendiz–estagiário do lado de lá. Desceu a catraca na atitude do treinador e mostrou muita decepção com a falta de ética em relação à postura do mesmo quando da demissão de Dorival Júnior.
Acrescentou, ainda, que acha inadmissível que o aprendiz-estagiário tenha usado do cargo para demitir o colega e em seguida ter abraçado a vaga. Contou que quando trabalhava no Grêmio e o técnico era Mano Menezes, lhe foi proposto algo parecido. Afirmou taxativamente que, além de recusar o convite , ainda ligou para Mano contando o acontecido e avisou para abrir o olho. “E também para ele saber com quem estava lidando” .
Mario Sérgio, direto, sincero e com a língua destravada como sempre, se disse decepcionado e que reprovava essa atitude do novo colega de profissão . Segundo ele, a repercussão entre a categoria em todo país havia sido muito negativa. Parece que ainda há muito buchincho sobre isso na área.
E por aqui, como era de se esperar, a repercussão dessa entrevista na mídia isenta e barata foi igual a zero.
.....

Como alguns leitores deste blog reclamaram der serem obrigados a ver fotos da gremista Fernanda Lima no blog, a partir de hoje Pitica promete publicar só fotos de rapazes gremistas espadaúdos...
Mas é claro que seu Algoz não permitirá...
.....

Para aqueles que querem reflexão no blog: 
de garfeada em garfeada, a arbitragem vai minando a ascenção do Imortal Tricolor no Brasileirão.
E a direção quietinha...
Isso quando não foge das entrevistas no vestiário...
E ainda por cima alguns torcedores considerando o assunto batido e requentado...
Como diz o seu Algoz, “ o careca sem-vergonha” , useiro e vezeiro em aprontar para cima do Grêmio, vem aí.
Espero que o meu post bocó não seja lembrado com amargura!!!
.....

Segundo o blog do jornalista Diogo Olivier (ZH), empresários gaúchos estariam tentando trazer Paulo Henrique Ganso para o Grêmio. Foram oferecidos R$ 15 milhões .Sei não...
Muito mimimi ...
Lesões...
Apatia...
Teria de haver uma reviravolta no godi ei galon para ter uma boa retomada.
.....

Justo esclarecimento

Se algum leitor do blog espera que eu escreva aqui palavrões, xingue dirigentes, narre sujeiras de bastidores, atente contra a honra de pessoas, lamento informar que isso jamais farei. O trabalho “sujo” prefiro deixar nas mãos do seu Algoz, que o faz melhor do que ninguém e já tem cancha de sobra para tal.
Também não esperem que eu seja uma substituta a altura para o grande Arigatô. Isto é impossível. Arigatô está muito acima da média.Tão acima, que foi convidado para compor a chapa do doutor Fábio Koff.
Não tem como competir...e nem me atreveria a fazê-lo.

A intenção de minha participação aqui , é trazer uma visão feminina do mundo do futebol, com alguma sutileza e ironia nas entrelinhas. Além de fazer um contraponto ao mau-humor do seu Algoz.
Eu diria que seria um “chá de camomila” para acalmar os ânimos algumas vezes exacerbados.
Sendo assim, será impossível adotar um tom masculino, pois essa não é minha essência .
Nos dias de hoje, as mulheres participam muito na arquibancada e gostam de acompanhar o seu time pelos jornais, rádios, TVs e blogs. Então nada mais justo que ocupemos um espacinho que seja no Imortal Tricolor – Nada Pode Ser Maior.
Se você não gosta de baboseira, “ esses papos de mulher” e as julga mera futilidades, você tem duas alternativas: pular os meus posts e esperar pelo próximo ou...
...unirem-se em armas e exigirem ao seu Algoz a minha eliminação do blog.
E dá-lhe , Grêmio!!!